Publicidade

TikTok pode sair da China entenda porque

Postado em 14/07/2020 12:45

Febre durante a pandemia do novo coronavírus, nos últimos dias o TikTok tem virado notícia não pelo sucesso dos vídeos compartilhados na rede social, mas sim pelas sérias acusações de violação à privacidade dos usuários após ser flagrado espionando dados da área de transferência do usuário. Inflamando essa situação, no início desta semana, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, revelou em entrevista à Fox News que o governo Trump estuda barrar alguns aplicativos chineses, entre eles a rede social que pertence à ByteDance, sediada na China.

Conforme divulgado pelo The New York Times, a Amazon, solicitou que seus colaboradores removessem o TikTok de qualquer dispositivo que “acesse o e-mail da Amazon” por conta dos “riscos à segurança” que a plataforma de vídeos curtos e engraçados oferece. Após a publicação da matéria, a gigante do comércio eletrônico se retratou dizendo que a mensagem foi “enviada por engano” e que “não há mudanças em nossas políticas no momento em relação ao TikTok”.

Com todas as tensões políticas e econômicas envolvendo os Estados Unidos e China, a ByteDance, segundo informações do Wall Street Journal, está considerando retirar sua sede do país asiático. Além disso, a gigante de tecnologia também planeja criar um novo conselho de administração para o pequeno aplicativo de vídeo, tudo isso para mostrar ao mundo que é o TikTok é um aplicativo global e que não mantém relações com o governo chinês.

Confira nossa playlist no spotify e siga a 94

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!