Taylor Swift poderá cantar músicas antigas em premiação após treta com gravadora

Postado em 19/11/2019 10:36

A gravadora Big Machine anunciou nesta segunda-feira (18) que chegou a um acordo para permitir que Taylor Swift possa cantar suas músicas antigas no American Music Awards (AMA).

A decisão aconteceu depois da cantora acusar os empresários Scooter Braun e Scott Borchetta de proibirem que ela cantasse as músicas dos seus seis primeiros álbuns na premiação. A artista será homenageada e receberá um prêmio especial.

Taylor Swift gravou os seis primeiros discos da carreira pela Big Machine – o único que não foi feito pela empresa foi o mais recente, “Lover”. A gravadora foi comprada por Scooter Braun e o produtor passou a ter controle sobre todo o catálogo, inclusive os álbuns da cantora, com quem tem uma má relação.

Para tirar os direitos sobre suas músicas de Braun, a artista anunciou que iria regravar os álbuns, o que gerou a ira do empresário. A situação chegou ao limite quando Taylor Swift fez um textão para denunciar os donos da gravadora. Eles trocaram acusações até a disputa finalmente ser resolvida.

Taylor Swift ainda não se pronunciou sobre o anúncio da Big Machine. A cerimônia do American Music Awards, com show da cantora, acontece neste domingo (24).

 

Confira nossa playlist no spotify e siga a 94

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Este conteúdo é protegido!