Publicidade

MC Livinho é condenado a pagar uma indenização de R$ 25 mil por agressão

Postado em 14/02/2019 18:18


A GR6 Music, empresa que gerencia a carreira do cantor, contesta decisão judicial e anunciou que vai recorrer

A agressão foi contra  o funcionário Thomas Freitas Diniz, em fevereiro de 2017 após um show em Santa Rita do Sapucaí, o cantor e os seus seguranças teriam agredido o rapaz a socos e pontapés.

Em nota divulgada pela Áudio Mix Brasil, local do ocorrido, o técnico contou com detalhes o que aconteceu. “Ele me chamou para ir até o camarim depois do show, e falou que não sabia o que eu estava fazendo lá. Me xingou com vários palavrões”. Depois disso, Thomas falou sobre o momento da agressão. “Eu apenas falei que não dava mais para trabalhar com ele, porque não aceitaria desrespeito e humilhação. Quando eu saí do camarim ele foi atrás de mim e me agrediu”.

A confusão começou após Thomas reclamar do atraso do funkeiro para subir ao palco. Segundo ele, Livinho apareceu três horas depois do combinado.

A sentença, assinada pelo juiz André Luiz da Silva da Cunha, recomenda que MC Livinho arque integralmente com as custas e despesas processuais, além dos honorários dos advogados, fixados em 10% sobre o valor atualizado da condenação.

Como ainda cabe recurso, a GR6 music, escritório que gerencia a carreira do músico, anunciou que vai recorrer. “Os advogados do artista discordam totalmente da decisão do Juiz e informam que vão recorrer da sentença, uma vez que a denúncia foi baseada em uma única testemunha, que é colega do autor da ação. Não há provas suficientes nos autos para condenação”, relata o comunicado.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!