Publicidade

Médico prescreve abraço para avó imunizada que não via neta desde o inicio da pandemia

Postado em 16/03/2021 7:30

Foto: Rede Social

Sem poder ver e menos ainda abraçar seus familiares, Evelyn Shaw teve um 2020 bastante solitário. A avó vive no Bronx, em Nova York (EUA), e foi finalmente vacinada, mas ainda tinha receio de abraçar seus netos.

 “Estávamos juntos o tempo todo”, disse sua filha, Laura Shaw Frank. As medidas de distanciamento social impediram esses encontros. Idosos como Evelyn foram aconselhados a ter um cuidado especial, por fazerem parte do grupo de risco do novo coronavírus.

Sua neta mais velha, Ataret Shaw, assim como Evelyn, foi vacinada, o que significa que elas já poderiam se ver. Mesmo com a proteção da vacina, Evelyn ainda estava preocupada com o vírus. Como surgiu a ‘receita do abraço’

Advertisement

Ataret, então, foi ao médico pedir uma receita, garantido que Evelyn estava liberada para abraçar a neta sem nenhum problema. O médico realmente a prescreveu, sabendo que um abraço era o remédio de que Evelyn precisava para se curar da solidão.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!