Publicidade

Médica picada por cobra venenosa tem de fazer tratamento para voltar a mexer com braço

Postado em 15/09/2020 7:40

Foto: Reprodução internet

Dieynne Saugo, a médica picada por uma cobra durante um banho de cachoeira no Mato Grosso, vai precisar fazer terapia ocupacional para recuperar a mobilidade, sensibilidade e força do braço e da mão esquerda.

Segundo a irmã da médica, Sthefani Saugo, a vítima permanece internada em estado estável, e está realizando fisioterapia. Dieynne passou por uma cirurgia no braço, para evitar a necrose do local, e aguarda a normalização dos exames e a redução do edema na glote. Até o momento não há previsão de alta.

A vítima foi transferida para o Hospital Albert Einstein, em São Paulo, depois do acidente e continua sob os cuidados da equipe médica do local. Dieynne foi picada duas vezes por uma cobra, no rosto e no braço, quando o animal caiu na água enquanto a vítima se banhava na queda d’água em Nobres, no Mato Grosso.

Amigos de Dieynne filmaram o momento do ataque. A pousada em que o grupo estava hospedado não tinha soro antiofídico. A cobra tinha cerca de dois metros de comprimento.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!