Publicidade

Jovem corta a própria mão para tentar fraudar o seguro

Postado em 28/09/2020 7:40

Foto: Reprodução/Sky News

Uma mulher da Eslovênia serrou a própria mão em uma tentativa de faturar uma bolada do seguro, que seria o equivalente a pouco mais de R$ 6 milhões. Ela achou que ficaria milionária, mas a polícia descobriu tudo.

Julija Adlesic cortou a própria mão a partir do pulso, no início do ano passado, enquanto supostamente “cortava galhos” em sua casa, em Ljubljana. Isso a faria ganhar o dinheiro de uma apólice de seguros feita no ano de 2018.

Ela e o namorado Sebastien Abramov foram para o hospital e acreditavam que a lesão fosse permanente, pois assim o valor do seguro seria maior. Mas a polícia recuperou a mão decepada, e uma cirurgia colocou o órgão no lugar.

De acordo com o Sky News, dias antes do acidente, Sebastien pesquisou online como as mãos artificiais funcionam. Isso ofereceu provas adicionais que indicam que a situação foi premeditada, e não acidental.

Além disso, ela assinou cinco contratos de seguro diferentes um ano antes do “acidente” acontecer. Durante a audiência, ela alegou inocência, dizendo: “Ninguém quer ser aleijado. Minha juventude foi destruída. Perdi minha mão aos 20 anos. Só eu sei como aconteceu”.

Apesar de seus argumentos, ela foi condenada por fraude em seguros e sentenciada a dois anos de prisão. Seu namorado foi condenado a três anos, culpado de fraude em seguros.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!