Publicidade

Casal não consegue entender leiloeiro e ao invés de comprar apartamento compra casarão em ruínas

Postado em 12/08/2021 7:40

Reprodução/What Have We Dunoon

O jovem casal escocês Cal Hunter e Claire Segeren queria comprar um apartamento com desconto para morar. Para isso, eles foram a um leilão em Glasgow na Escócia, mas tudo deu errado.

Ao invés de adquirirem o apartamento que custava R$ 215.500, ou 30.000 libras eles acabaram comprando uma mansão de 120 anos em ruínas, tudo por não entenderem o sotaque do leiloeiro.

Cal deu mais detalhes da situação estranha. Segundo ele, os folhetos de leilão apresentavam os imóveis numerados e os números correspondentes apareciam em uma tela atrás do leiloeiro, assim que chegara a vez de dar lances nele.

Advertisement

Mas a certa altura, a tela deu defeito e o casal precisou confiar nos leiloeiros. Quando chegou a vez do apartamento, o casal esperava uma guerra de lances e estranhou que apenas eles deram ofertas pelo imóvel de apenas R$ 71.800 cerca de 10.000 libras.

“O problema era que os leiloeiros falavam rápido, e este tinha um forte sotaque de Glasgow: eu estava realmente me esforçando para entendê-lo”, disse Cal ao jornal Guardian. Como a legislação local determina que leilões são judicialmente vinculativos, eles não conseguiram se livrar da compra, mesmo dizendo que acharam estar comprando um simples apartamento.

Então, Cal e Claire precisaram esquecer o infortúnio e trabalhar no casarão de seis quartos, um marco histórico regional conhecido como Jameswood Villa.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!