Solange Almeida Pode Pagar Mais De R$7 Milhões À Ex-Empresários

Postado em 25/06/2019 15:50

Sócios remanescentes da Aviões do Forró, ex-banda da cantora Solange Almeida, apontam prejuízos após fim da sociedade

A versão sobre a saída de Solange Almeida da banda Aviões do Forró soa em outros tons para Isaías Duarte. De acordo com Isaías CD, como é conhecido no cotidiano dos negócios da música no Brasil, a ex-sócia teria uma dívida com o grupo de R$ 17.414.587,06. A cobrança da quantia milionária está no documento de contestação feito pelo administrador da empresa Aviões do Forró Gravações e Edições Musicais Ltda no processo que corre da 3ª Vara Cível de Fortaleza.

A dívida, de acordo com os argumentos de Isaías, seria resultado de uma cadeia de prejuízos que se avolumaram com a saída “abrupta” da cantora da banda. Segundo relatos do ex-sócio na Justiça, ainda no início do ano de 2015, o meio musical foi invadido pelo “sertanejo feminino”. Um movimento encabeçado por nomes como Marília Mendonça, Mayara e Maraísa, Simone e Simaria e que teria motivado a Solange Almeida decidir por uma carreira solo.

Na época, segundo Isaías CD, para tentar segurar a vocalista na banda, os sócios concordaram em aumentar de 15% para 25% as cotas de Solange na sociedade. “Não satisfeita, ao final do mês de setembro de 2016, a demandante avisou que estava em negociação com um empresário em São Paulo. Ele se propunha a investir na gravação de um CD e um DVD em caráter “solo”. E, mesmo tendo sido abonada com 10% do capital social, insistia em abandonar a banda Aviões do Forró de modo absolutamente abrupto, comprometendo, gravemente, todo o planejamento societário”.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com