Publicidade

Vídeo viralizou na net: Briga entre alunas termina em morte! “Quebrou o pescoço dela”, é fake?

Postado em 31/10/2018 10:39

 

Briga entre alunas termina em morte

 

Três vídeos que circulam nas redes sociais, mostram várias meninas brigando na Escola Estadual Alberto Barreiros em Teófilo Otôni, MG. Briga entre alunas termina em morte trágica de aluna.

Uma das garotas parte pra cima e uma outra jovem que supostamente estuda também na mesma escola, é espancada com diversos socos, tapas e chutes enquanto a jovem agredida sem esboçar qualquer reação acaba caindo batendo com a cabeça no chão.

 
 

A jovem agressora acaba chutando seu rosto e aparentemente acaba pisando no pescoço da menina que já estava indefesa e ela fica desacordada.

Em um audio recebido pela direção do site, um homem não identificado informa que a garota que brigou na escola teria quebrado o pescoço e morrido por causa das agressões.

 

“Todo mundo filmando mas, ninguém teve a coragem de separar a briga que acabou em tragédia e destruindo por completo uma família que certamente acreditava que a escola seria um lugar seguro, disse uma pessoa que viu os vídeos”.

Após recebermos mensagem, foi supostamente constatado que a menina agredida que ainda não teve o nome identificado, veio a falecer.

Tanto a jovem que agrediu, quanto a agredida não tiveram seus nomes revelados até o fechamento dessa matéria.

Evitamos colocar os vídeos em respeito a família da vitima e aos nossos leitores por se tratar de cenas bastantes violentas.

 

Atualizando informações sobre o caso: 

Essa briga não foi na Escola Estadual Alberto Barreiros em Teófilo Otôni, MG e sim foi na Escola Estadual Raimundo Ribeiro de Souza na cidade de Tucuruí no Pará e a moça graças a Deus não morreu.

A aluna que desmaiou foi encaminhada para uma UPA e teve alta 24 horas depois. A polícia já ouviu as alunas briguentas.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!