Publicidade

SpaceX tenta hoje as 16:22 hs novo lançamento de missão tripulada; assista

Postado em 30/05/2020 14:34

 

A duração total da missão ainda não foi divulgada, mas os astronautas devem ficar a bordo da ISS entre 30 e 120 dias, com um retorno no máximo em 23 de setembro de 2020. A decisão por uma missão de longa duração foi feita há cerca de seis meses, segundo a Nasa, e a Crew Dragon pode ficar até 190 dias no espaço

Lançamento está programado para as 16h22 (horário de Brasília). Caso as condições climáticas não permitam o lançamento, haverá novas tentativas no domingo (31) e segunda-feira (1º)

Neste sábado (30), a SpaceX realizará uma nova tentativa de fazer história e se tornar a primeira empresa privada a colocar seres humanos em órbita. Desde o voo de Yuri Gagarin com a Vostok 1, em 12 de abril de 1961, apenas governos nacionais foram capazes de desenvolver programas espaciais tripulados. Além da União Soviética, os EUA (com John Glenn a bordo da Friendship 7 em 1962) e a China (com a Yang Liwei na Shenzou 5 em 2003) também desenvolveram esta capacidade.

 
O evento marca o início de uma nova era para a exploração espacial, e talvez uma nova corrida espacial disputada entre empresas como a SpaceX (de Elon Musk), Blue Origin (de Jeff Bezos, da Amazon) Boeing e Virgin Galactic (de Richard Branson), competindo entre si por outros “primeiros”.

Talvez, em alguns anos, estejamos nos preparando para os primeiros voos comerciais tripulados ao redor da Lua ou, se tudo ocorrer como esperado por Musk, missões a Marte.

O que vai acontecer?

Um foguete Falcon 9 decolará da base aérea de Cabo Canaveral, na Flórida, carregando uma cápsula Crew Dragon com dois astronautas da Nasa a bordo, Doug Hurley e Bob Behnken, ambos veteranos de missões com o ônibus espacial.

O lançamento acontecerá a partir da Platforma 39A, a mesma usada para o lançamento do foguete Saturn V, que levou o homem à Lua na missão Apollo 11. Uma vez em órbita, a Crew Dragon realizará uma série de manobras para alcançar a Estação Espacial Internacional (ISS), onde deve se acoplar no domingo (31).

fonte: olhar digital 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!