Publicidade

Secretario de Saúde explica situação: Kit intubação, oxigênio, fura-filas em Divinópolis e ocupação hospitalar

Postado em 23/03/2021 14:50

O Secretário Municipal de Saúde de Divinópolis, Alan Rodrigo, participou do Programa Bom Dia Divinópolis nesta terça-feira (23/03), e na ocasião, ele tratou de diversos assuntos, dentre eles, estoque de medicamentos para sedação de pacientes, medicamentos do kit intubação, cilindros de oxigênio, barreiras sanitárias, pessoas que furaram fila para vacinar contra a Covid 19, ocupação hospitalar, dentre outros temas, no município.

Sobre estoque e reposição do oxigênio:

Advertisement

O Secretário explicou que a situação da cidade de Divinópolis é preocupante, pois a demanda está cada vez maior, porém, o abastecimento e fornecimento do oxigênio ainda está dentro da normalidade, mas, segundo ele, pode sim, a qualquer momento acontecer o desabastecimento.

Sobre medicamentos do Kit Intubação

Já referente ao medicamentos do Kit Intubação, ele explicou que existem reuniões semanalmente da Secretaria de Estado de Saúde no Comitê Macrorregional, onde é apresentada a situação de todo o Estado. Nessas reuniões o que ficou definido é que há uma suficiência desses medicamentos em algumas regiões. Na UPA de Divinópolis inicio desta semana so tinha estoque para 3 dias , foi solicitado ajuda a direção do Hospital São João de Deus, que enviou Kits Intubação que dará para mais 1 mês

Fura-Fila Divinópolis:

O secretario confirma que “em Divinópolis nos tivemos 03 casos que tomaram a vacina furando a fila, e já foram abertos processos administrativos , inclusive teve um episodio que a vacinação ia começar na quinta-feira e servidora ela vacinou uma servidora na quarta-feira que não estava cadastrada.” 

A secretaria de saúde abriu processo administrativo imediatamente após o fato, a vacinação aconteceu as 10:00hs e as 12:30hs ela estava prestando depoimento na Semusa , para abrir o processo administrativo contra estas pessoas , tanto o técnico quanto o gerente da unidade.

 

Fura-Fila lista ALMG

Em relação a lista que a Assembleia Legislativa de Minas (ALMG), divulgou recentemente sobre pessoas que furaram a fila para tomar a vacina contra a Covid 19, o secretário informou que os servidores da Secretaria de Estado de Saúde tem o direito da vacina, eles estão mensurados no plano como os demais trabalhadores da saúde, mas é preciso ser tratado isso na Assembleia com devido cuidado. “Configurá-los como fura-fila nesse momento, temos que pensar que para a chegada da vacina em Divinópolis, nós precisamos desses servidores, precisamos dessa equipe. Eles poderiam ter usado um critério diferenciado, mas isso deve ser apurado e existe a CPI para que essa apuração ocorra. Espero que no final isso tudo seja transparente para todos, principalmente no que tange a cidade de Divinópolis”, relatou.

Barreiras sanitárias:

Em relação as barreiras sanitárias, a Prefeitura de Divinópolis está intensificando as barreiras mais nos fins de semana, principalmente, na região da barragem em Carmo do Cajuru. “A Polícia tem dado apoio nessas barreiras. Mas, não adianta fazer barreira se a população continuar com o comportamento que está.A população deve tomar o cuidado, não ficar transitando em vias públicas, aglomerando”, frisou.

Ocupação hospitalar:

Os dados atualizados nesta terça-feira, 23 mostram que 27 pessoas estão internadas na UTI do hospital de campanha, porém a unidade tem apenas 25 leitos. A cidade já superou a capacidade de atendimento. A mesma situação se repete no Complexo de Saúde São João de Deus. Os 40 leitos de UTI voltados para o setor público e privado estão ocupados. De acordo com o secretário 80% são pacientes de Divinópolis.

Como a ocupação de leitos atingiu o percentual de 100% a macrorregião Oeste já conta com uma fila de espera para internação. Cerca de 62 pacientes aguardam uma vaga no CTI e 84 pacientes aguardam uma vaga no setor de enfermaria.

Segunda Dose da vacina:

De acordo com Alan Rodrigo, o governo agora determinou que o montante de doses que vai chegar, pode ser todo utilizado seguindo uma diretriz dupla nacional de imunização, pode-se fazer dessa forma, porque o governo se comprometeu com isso. “Já as vacinas atuais que temos estoques do ponto de vista de gestão, temos que trabalhar bem essa logística, porque estamos colocando crédito no governo Federal para fazer isso. Nós temos muito medo de fazer essa segunda dose que é de direito de cada um que já tomou a primeira dose e essa pessoa perder a segunda dose em eventual desabastecimento por parte do Governo Federal. Não sentimos um ambiente seguro para essa tomada de decisão. Isso vai ser analisado, porque nesse momento se todos analisar o comportamento do Governo Federal não seria prudente usar nesse momento todas as segundas doses (D2) na população sem ter uma análise. O papel do gestor acima de tudo é ser responsável com a politica pública”, finalizou. Ouça entrevista completa do Secretário:

 

Confira a entrevista na íntegra no Programa Bom Dia Divinópolis:

Divinópolis supera 100% da ocupação de leitos e macrorregião já tem 62 pacientes na fila de espera para internação

 

 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!