Publicidade

Ritmo de contágio da doença atinge 1,19% em Divinópolis

Postado em 11/09/2020 19:03

Segundo o boletim epidemiológico disponibilizado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), através da plataforma “FormSUScap”, do Ministério de Saúde, nesta sexta-feira (11/09) é informado os casos notificados, confirmados, recuperados e os óbitos pela doença no município.

De acordo com o informe, Divinópolis conta com 11.048 casos notificados, 1.192 confirmados, 475 descartados, 1.043 recuperados e 46 óbitos. A taxa que corresponde ao ritmo de contágio está em 1,19%.

Em relação aos casos notificados, temos: 69 com menos de um ano, 258 entre 1 e 4 anos, 183 entre 5 e 9 anos, 632 entre 10 e 19, 5.429 entre 20 e 39 anos, 3.334 entre 40 e 59 anos, 1.133 com 50 anos ou mais. Dos casos notificados por sexo, as mulheres ainda apresentam maioria, com 53%, o que corresponde a 580 notificações. Enquanto o público masculino, está com 47%, o que condiz com 5218 indivíduos notificados.

A faixa etária mais atingida com confirmações da doença é a entre 20 a 39 anos, contabilizando 479 pessoas. Quanto aos menos impactados pelo vírus estão aqueles pertencentes às idades de 0 a 1 ano, com 4 confirmações.

 

Dados hospitalares

É comunicado que 31 pacientes estão internados em CTI com suspeita de Covid-19. Em leitos de enfermaria, constam 53 suspeitos da doença.  Já em ambulatório contabilizam 3.818 pacientes. Os dados mostram que há 38% dos leitos de UTI vagos, 20% ocupados por indivíduos com Coronavírus e 42% por pessoas com outras enfermidades. A taxa total de leitos de enfermaria e CTI somam 84, evidenciando um percentual de 34% em ocupação.

A Prefeitura de Divinópolis recomenda que os cidadãos sigam as normas de segurança e sanitárias estabelecidas, visando aumentar a taxa de isolamento do município e diminuir o contágio da população. Além disso, é importante evidenciar que os infratores dos decretos já estabelecidos, estão sujeitos a penalidades. Os cidadãos podem realizar uma denúncia anônima pelo “AppDivinópolis” em caso de transgressão na opção “Coronavírus”. O aplicativo é gratuito e está disponível nas lojas de celulares, como a “AppleStore” e “PlayStore”.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!