Publicidade

Policial armada invade Hospital da Baleia para ver corpo do irmão que morreu de COVID-19

Postado em 08/07/2020 14:04

Hospital da Baleia reprodução rede social

Uma policial civil foi detida após invadir o Hospital da Baleia, na Região Leste de Belo Horizonte, para ter acesso ao corpo do irmão, que morreu de COVID-19  na noite dessa terça-feira. O homem de 45 anos é uma das 1.355 vítimas do coronavírus no estado. Segundo o balanço da Secretaria de Estado de Saúde, divulgado nesta quarta, Minas Gerais já soma 64.035 casos da doença. 

A Polícia Civil informou que a investigadora assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por constrangimento ilegal e deverá comparecer a uma audiência na Justiça. A polícia confirmou que ela queria ver o corpo do irmão. Em março, a prefeitura de Belo Horizonte suspendeu os velórios nos cemitérios da capital para evitar aglomeração de pessoas, situação que facilita a transmissão da doença. 

“A PCMG ressalta que não compactua com esse tipo de ação e irá instaurar uma sindicância administrativa para apuração de eventuais infrações disciplinares. Informa, ainda, que a investigadora será encaminhada para avaliação psiquiátrica”, detalhou a polícia, também por meio de nota. 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!