Publicidade

Dom Francisco Cota vem para a Diocese de Sete Lagoas

Postado em 10/06/2020 15:27

Na manhã de hoje (10) o Papa Francisco transferiu o Dom Francisco Cota, bispo auxiliar de Curitiba-PR e filho da Diocese de Divinópolis-MG, para a Diocese de Sete Lagoas-MG. Dom Francisco Cota, que foi nomeado bispo no dia 7 de junho de 2017 e ordenado no dia 26 de agosto do mesmo ano, irá substituir Dom Aloísio Vitral, que teve seu pedido de renúncia aceito pelo Papa Francisco. A posse de Dom Francisco Cota será no dia 1º de agosto, data que ele celebrá seus 21 anos de ministério presbiteral.

Natural de Onça do Pitangui-MG, ordenado sacerdote no dia 01º de agosto de 1999, pela imposição das mãos de Dom José Belvino do Nascimento. Nos 18 anos de sacerdócio, Dom Francisco trabalhou em três paróquias da Diocese de Divinópolis, sendo: de 1999 a 2009, na Paróquia Nossa Senhora do Carmo, em Carmo do Cajuru-MG; de 2010 a 2017, na paróquia de Sant’Ana, em Itaúna-MG; e, a partir do dia 29 de janeiro de 2017, iniciou os trabalhos na Paróquia Nossa Senhora do Pilar, em Pitangui-MG. Além dos trabalhos paroquiais, Dom Francisco sempre colaborou em outras atividades em favor da Diocese, Pastorais e Movimentos.

Com a decisão do Papa, dom Aloísio Vitral torna-se agora bispo emérito de Sete Lagoas. Com a aceitação da renúncia pelo Papa, o bispo emérito fica, então, desobrigado das funções concernentes ao governo de sua diocese, mas permanece no exercício de seu ministério episcopal durante toda a vida. Foi nomeado o quinto bispo da diocese de Sete Lagoas, em 2017, pelo Papa Francisco, sucedendo a dom Guilherme Porto.

 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!