Novo fórum de Cláudio é inaugurado

Postado em 30/06/2020 17:59

Na manhã desta terça-feira (30), o Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais inaugurou a nova sede do Fórum “José Apolinário”. Com instalações modernas, o espaço tem a capacidade de abrigar até três varas judiciais, oferecendo conforto e comodidade para os profissionais, além de acessibilidade plena a quem necessitar dos serviços judiciários.

Além do novo Fórum da Comarca de Cláudio, construído com uma arquitetura moderna e em dois pavimentos, que fazem parte do Programa de Aceleração de Obras do TJMG que vai construir mais de 30 novos fóruns em todo o estado, foi inaugurado ainda o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc), com a função de dar uma resposta rápida na resolução de conflitos dos cidadãos sem a necessidade de um processo.

A cerimonia foi presidida pela terceira vice-presidente do TJMG, desembargadora Mariângela Meyer, representando o presidente do Judiciário Mineiro, desembargador Nélson Missias de Morais, e contou ainda com a presença do desembargador Cássio Salomé, Dr. José Alexandre Marson Guidi – Juiz da Comarca de Cláudio, do Prefeito de Cláudio – José Rodrigues, Vereador Cláudio Tolentino – Presidente da Câmara Municipal, Deputado Federal – Vilson da FETAEMG, Presidente da OAB subseção de Cláudio – Fábio Ribeiro, Promotor de Justiça de Cláudio – Sérgio Gildin, Delegado – Matheus de Faria, Comandante da CPM – Tenente Marco Aurélio, dentre outras autoridades e servidores do judiciário se fizeram presentes nesse dia histórico para a cidade de Cláudio, sendo realizada com limitação de público e com medidas de contenção da Covid-19.

O novo prédio do Fórum conta com elevador, sistema de condicionamento de ar central, acessibilidade para pessoas com necessidades especiais e estacionamento para 33 veículos, sendo localizado na Avenida Rachid Mitre, no Bairro Bela Vista,em terreno doado pela Prefeitura de Cláudio.

O Prefeito José Rodrigues, enalteceu a obra e o ganho para a comunidade. “As antigas instalações eram de 50 anos atrás. Com o crescimento da cidade, era necessária essa obra para o trabalho do Judiciário. Ficamos muito orgulhosos de poder participar dessa conquista, com a doação do terreno para a obra”, ressaltou.

 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
error: Este conteúdo é protegido!