Publicidade

Novo decreto de Pouso Alegre fecha serviços não essenciais por tempo indeterminado

Postado em 16/01/2021 9:37

A Prefeitura de Pouso Alegre (MG) publicou novo decreto na noite desta sexta-feira (15) em que fecha os serviços não essenciais da cidade por tempo indeterminado. O documento foi assinado pelo prefeito Rafael Simões (DEM) após o Hospital Samuel Libânio atingir a capacidade máxima de atendimentos. O município é o que contabiliza mais casos de Covid-19 no Sul de MG: 4.909, com 82 mortes.

Segundo o prefeito, entre os fatores que levaram à publicação do decreto estão o não cumprimento de medidas de proteção pela população, o aumento do número de casos ligados à doença, a grande demanda do hospital regional e a falta de oxigênio que o setor da saúde tem enfrentado.

“Não me resta outra alternativa, e faço isso com muita tristeza, a não ser decretar o fechamento da nossa cidade das atividades não essenciais. Isso só está acontecendo porque nós, população, não tivemos consciência da nossa responsabilidade”, disse o prefeito em vídeo publicado nas redes sociais.

Advertisement

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!