Publicidade

Motorista confirma problema mecânico em ônibus que caiu de ponte na BR-381

Postado em 08/12/2020 8:01

O depoimento do motorista do acidente com o ônibus que caiu da ponte na BR 381, em João Monlevade, na Região Central de Minas, que deixou 19 pessoas mortas, durou aproximadamente três horas. Durante depoimento, o motorista afirmou que o ônibus apresentou problemas mecânicos.

O motorista pulou do veículo antes do ônibus cair da ponte. Ele estava desaparecido desde o dia do acidente. De acordo com o delegado Paulo Tavares, o condutor disse que fugiu do local por medo porque muitas pessoas que pararam no local do acidente já estavam procurando por ele, sendo que ele se sentiu acuado.
 
O motorista se apresentou ontem (07/12) acompanhado de um advogado que não é ligado à empresa do ônibus.

Em entrevista coletiva, Paulo Tavares contou que o condutor disse que o coletivo teve problema no freio e disse que o veículo passou por uma troca de correia durante o percurso entre Mata Grande/AL e João Monlevade.
 
O motorista, de acordo com Paulo Tavares, chorou o tempo todo durante o depoimento. Apesar do estado emocional de Luiz, ele deu “informações relevantes” durante o depoimento, segundo o delegado. O condutor não deixou de responder a nenhuma pergunta. Ele não foi detido e deverá ser ouvido novamente nos próximos dias.
 
 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!