Explosão de fábrica de fogos em Samonte não altera programação da FENAPI

Postado em 17/10/2019 15:37

A Associação Mineira dos Empresários da Pirotecnia (AME) e o Sindicato das Indústrias de Explosivos do Estado de Minas Gerais (SINDIEMG) encaminharam uma nota a imprensa após a notícia de mais uma explosão em fábrica de fogos na cidade de Santo Antônio do Monte. Na nota se solidarizam com as famílias das vítimas recentes dos acidentes. E que a programação da Feira Nacional de Pirotecnia (Fenapi), evento realizado pelas duas instituições, será mantida.

Ainda de acordo com a nota. “Os acontecimentos mostram uma realidade que deve ser encarada com seriedade por todo setor e ressalta a importância da continuidade das ações sistemáticas de segurança do trabalho realizadas pelo Sindiemg, AME Pirotecnia e Fiemg. Com objetivo de que toda cadeia de produção de fogos de artifício continue numa evolução constante, inclusive no quesito relacionado a segurança.”

Ainda reitera o sentimento de pesar e reforça que o setor pirotécnico mantem a busca perene da segurança.

A 1ª Feira Nacional de Pirotecnia (Fenapi) que acontece nos dias 18, 19 e 20 de outubro, entre os temas para o debate está o barulho dos fogos. Isso têm sido um dos alvos de reclamação da sociedade. Os principais motivos são a perturbação que o barulho causa a cães, idosos, pessoas doentes, autistas e outros. De olho em uma solução para manter o espetáculo com mais empatia, empresas de Samonte em parceria com o Senai já pensam em soluções inovadoras para este problema no único Laboratório de Qualidade em Pirotécnicos (LPQ) da América Latina. Existe um estudo do Senai em andamento, com previsão para conclusão em abril de 2020. O objetivo é lançar fogos silenciosos no mercado.

Uma atração especial é o espetáculo piromusical da região Centro-Oeste. Nos três dias de Fenapi, antes dos shows da noite, os céus de Samonte vão ser tomados por uma verdadeira dança de fogos. “Serão noites de céu cheio, com quase 9 minutos de espetáculo em que os explosivos acompanham o ritmo das músicas. O padrão do show é internacional”, como afirma o engenheiro químico Expedito Amaral Júnior. O design será diferente em cada noite do evento assim como a trilha sonora, guardada a sete chaves pelos organizadores. A estrutura montada tem 15 metros de altura por 120 metros de comprimento. Os espetáculos piromusicais foram elaborados por empresas de ponta, incluindo profissionais que já atuaram no Réveillon de Copacabana, Recife, Natal de Gramado, Rock in Rio, além de apresentações fora do país, Rússia, Canadá, Alemanha e outros.

História do polo de Santo Antônio do Monte no cenário de fogos de artifício no mundo: a cidade é a maior produtora de fogos de artifício da América Latina e a segunda maior do mundo, fica atrás apenas da China. No Brasil, produz 95% de todos os fogos do país. No momento, prepara-se para começar a exportar.

A Fenapi contará com o lançamento de um livro que conta a trajetória da pirotecnia na cidade com os fogos desde a origem com a produção artesanal até o cenário de inovação em que Samonte é protagonista. A obra é de autoria da historiadora Aparecida Gontijo e tem apoio da Secretaria Municipal de Cultura.

Fenapi movimenta economia de Santo Antônio do Monte. Há participantes de todo país, Estados Unidos e Rússia inscritos: dois meses antes da feira, os hotéis de Santo Antônio do Monte já estavam lotados para os dias de realização do evento. Os restaurantes também se preparam para receber os participantes da Fenapi.

Há inscritos do Nordeste, Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Uma caravana de participantes russos e dos Estados Unidos se inscreveram para acompanhar as tendências em pirotecnia na feira de Santo Antônio do Monte.

Shows com grandes nomes da música: Felipe Araújo (18/10), Bruno e Barreto (19/10) e Edson e Hudson (20/10).

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com