Após intensas chuvas, Minas Gerais já registra mortes e desaparecidos

Postado em 25/01/2020 7:47

Minas Gerais tem, pelo menos, cinco mortos e 13 desaparecidos após a chuva que atingiu o Estado entre a sexta-feira (24) e este sábado (25). Três mortes foram registradas em Ibirité, na região metropolitana de Belo Horizonte e duas em Betim.

Em Ibirité, uma mulher de 25 anos e seus dois filhos, sendo um de 6 e outro de 6 meses morreram soterrados após desabamento da casa em que moravam. Em Betim dois corpos foram encontrados neste sábado, 25, após soterramento, no bairro Duque de Caxias. Duas pessoas estão desaparecidas.

Também em Betim duas pessoas estão sob os escombros de um barranco que cedeu sobre casas no bairro Jardim Teresópolis. Nove pessoas estão desaparecidas em um desmoronamento na região do Barreiro, na Capital Mineira.

Em Divinópolis idosa fica presa em escombros após casa desabar 

A casa que desabou fica na rua Cairo, no bairro Mangabeiras. O fato ocorreu por volta de 13h30 de sexta-feira (24). De acordo com o Corpo de Bombeiros, duas pessoas estavam na casa. Um idoso de 82 anos conseguiu sair antes, mas uma idosa, de 81 anos estava dentro da residência no momento do incidente. Vários militares se mobilizaram para retirar a mulher dos escombros. Ela foi levada com diversos ferimentos ao Hospital São João de Deus (HSJS). Parte do local foi interditado e a Defesa Civil em Divinópolis avalia a situação.

Desmoronamento em Pará de Minas na noite de ontem, 24:

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) recebeu um chamado às 20h17 de sexta-feira (24), para atender vítimas de um desmoronamento, na Rua Antônio Eustáquio Guimarães Pena, Bairro Belvedere, em Pará de Minas.

Quando a equipe da Unidade de Suporte Básico (USB) de Pará de Minas chegou ao local, encontrou com equipes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros que retiraram as vítimas dos escombros.

Duas meninas, de 5 anos e uma menina de 11, todas conscientes, receberam os primeiros atendimentos e foram encaminhadas a Unidade de Pronto Atendimento de Pará de Minas pela USB.

Uma adolescente, de 15 anos, estava consciente e queixando dor nas pernas. Foi encaminhada à Unidade de Pronto Atendimento de Pará de Minas por uma equipe do Resgate Anjos do Asfalto. A equipe do Corpo de Bombeiros permaneceu no local, pois havia risco de desmoronamento de outras casas.

 

Defesa Civil inicia alerta aos ribeirinhos

 

 

Enchentes arrasam Nova Serrana

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Este conteúdo é protegido!