A convite de Domingos Sávio e Edson Vilela, o diretor do DER percorre rodovia que liga Carmo do Cajuru a Divinópolis e promete melhorias - Portal MPA

Publicidade

A convite de Domingos Sávio e Edson Vilela, o diretor do DER percorre rodovia que liga Carmo do Cajuru a Divinópolis e promete melhorias

Postado em 28/09/2021 19:19

Visita foi acompanhada pelo deputado federal Domingos Sávio e o prefeito de Cajuru, Edson Vilela. Foto: Divulgação

 

O Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais – DER/MG, confirmou que vai autorizar os estudos técnicos para melhorias e adequação da capacidade de tráfego na rodovia AMG-0345, principal ligação entre os municípios de Carmo do Cajuru e Divinópolis, no Centro-Oeste do Estado. O anuncio foi feito nessa segunda-feira, 27 de setembro, após o diretor do órgão ser convidado pelo deputado federal Domingos Sávio e o prefeito de Cajuru, Edson Vilela, a percorrer toda a extensão da via e conhecer os desafios enfrentados por motoristas diariamente.

Domingos Sávio destacou a urgência das intervenções na rodovia. “Infelizmente, já perdemos várias vidas aqui. E nós não queremos continuar perdendo vidas. Queremos uma rodovia com segurança, com acostamento”, desabafou. “O apelo que a gente faz, é para que possam ser autorizados os estudos que possibilitem o início das obras, que é uma prioridade da região. Hoje, Carmo do Cajuru e Divinópolis vivem uma grande interação e essa rodovia é o principal canal de acesso entre os dois municípios”, destacou o deputado federal.

Advertisement

O prefeito Edson Vilela reforçou a importância da visita técnica do DER. Ele agradeceu ao empenho do Governo do Estado e atender a mais esta demanda do município e pediu que as obras sejam autorizadas no menor tempo possível.

De acordo com o diretor do DER/MG, Robson Santana, estar próximo dos municípios e conhecer a realidade das rodovias mineiras é uma determinação do governador Romeu Zema. “Posso anunciar que nós vamos iniciar, de imediato, os estudos necessários para melhorias e adequação de capacidade da via”, afirmou.

Com os estudos concluídos, os custos das intervenções serão apresentados ao Governo de Minas, que será o responsável pela execução do projeto.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade