Publicidade

Presidente apresenta detalhes de projeto “sigiloso” que apresenta indícios de corrupção e cobra explicações do deputado

Postado em 28/08/2021 8:30

Depois de comparecer a cidade de Contagem para apurar as denuncias sobre a compra de Vans o presidente da Câmara Municipal de Divinópolis, Vereador Eduardo Print (PSDB), fez um desabafo na Câmara Municipal. Ele pediu transparência do deputado Leo Motta que usa com frequência a rede social para coagir prefeitos de todo Brasil.

Para contestar o deputado que fez criticas ao presidente da Câmara, o vereador apresentou detalhes do projeto que tinha a cláusula de “sigilo público” mesmo sendo firmado entre duas instituições que recebem verbas públicas. Esse foi o primeiro ponto criticado pelo parlamentar que afirmou na reunião da Câmara: “agora não é público mais”.

As três vans compradas pelo Complexo de Saúde São João de Deus (CSSJD) em parceria com a Associação dos Diabéticos de Contagem serão doadas à entidade ao fim do contrato. Essa é umas das cláusulas contratuais que chamou a atenção dos vereadores de Divinópolis, segundo o presidente da câmara. Pelo contrato, caberá à entidade realizar 600 atendimentos por mês em 12 meses, assumindo todos os custos, como manutenção, gastos com despesas para prestação do serviço, deslocamento.

Advertisement

Porém ao concluir, os veículos avaliados em R$800 mil, adquiridos segundo o hospital, com recursos próprios, serão transferidos para a associação, ligada ao deputado federal, Léo Motta (PSL). As vans, totalmente equipadas, são destinadas à realização de atendimentos odontológicos sociais. Por fim o parlamentar fez a cobrança de explicação, pois o contrato estranho apresenta indícios de corrupção.

View this post on Instagram

A post shared by Eduardo Print Júnior (@eduardoprintjunior)

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!