Publicidade

Justiça quebra sigilo telefônico de Galileu

Postado em 05/02/2019 17:52
Publicidade

O juiz Christiano Oliveira, responsável pela 3ª Vara Criminal, determinou a quebra do sigilo telefônico do prefeito Galileu Teixeira Machado (MDB). A medida se estendeu também ao ex assessor especial  Fausto Barros e ao jornalista e diretor do site Divinews Geraldo Passos.

Galileu, Fausto Barros e Geraldo Passos foram denunciados pelo Ministério Público. Eles são suspeitos de cometer irregularidades na negociação de nomeação em cargo publico. O episódio foi denunciado por Marcelo Fernandes, popular “Marreco”, em 2018.

Na época Marreco  chegou a gravar e expor publicamente ligações telefônicas que mostravam Geraldo Passos intermediando indicações de cargos na Prefeitura. Nas ligações, o nome de Fausto Barros foi citado. Como o ex cargo de confiança continua afastado a pedido da justiça ele também foi incluso nas investigações e na ação.

CPI dos Áudios

Com a quebra dos sigilos, a CPI poderá verificar para quais contatos os envolvidos telefonaram entre 14 de junho de 2017 até 30 de abril de 2018.

 

Fausto Barros é, historicamente, braço direito de Galileu.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!