Publicidade

Câmara decreta luto pelo falecimento de Ricardo Moreira

Postado em 25/06/2021 15:10

FOTO: CMD

Morreu na tarde desta sexta-feira (25 de Junho de 2021), Ricardo Moreira. Uma enciclopédia viva, como definiu o Presidente da Câmara Municipal de Divinópolis, Vereador Eduardo Print Jr., que manifestou sua imensa dor pessoal pela perda de um dileto amigo, um homem público dedicado, honesto, competente, e, sobretudo, amava Divinópolis, cidade que conhecia cada rua, cada pedaço de terra. Divinópolis se despede de um político dotado de espírito público e que contribuiu para o engrandecimento do município no período que exerceu a função de Vereador.

Exercendo as funções de Diretor de Cadastro e secretário de governo, Ricardo sempre esteve presente nas principais administrações nos últimos 50 anos. Depois do trabalho feito com o prefeito Antônio Martins, foi braço direito ainda dos ex-prefeitos Fábio Notini, Domingos Sávio, Demétrius Pereira e Galileu Machado.

Em nome de todos os Vereadores e Servidores do Poder Legislativo, o Presidente da Câmara, Eduardo Print Jr., presta solidariedade à família e amigos. “Guardo com carinho a conversa que tive com ele, nos seus minutos finais de vida, onde disse que sua grande alegria era saber que sua neta, nascida ontem, dia 24 de junho, teria muito orgulho ao ver registrado no livro “109 Histórias Marcantes”, organizado por Welber Tonhá e Sônia Terra, o texto de minha autoria que enfocava justamente a rica história de Ricardo Moreira, uma pessoa que sempre esteve aberta ao diálogo e ao entendimento”, lamentou com profunda dor, Prin Júnior.

Advertisement

O Presidente da Câmara Municipal, Eduardo Print Jr., em homenagem decretou luto oficial de três dias e bandeiras a meio-mastro no Legislativo.

 

Confira na integra o texto escrito por Eduardo Print Júnior, no livro “109 Histórias Marcantes”.

Ricardo Moreira: uma enciclopédia viva

Ocupar um cargo de confiança e alta responsabilidade na Prefeitura de Divinópolis logo aos 22 anos não é para qualquer um. Um desafio grandioso, especialmente para um jovem que iniciava sua carreira pública no início dos anos 70, com a missão de modernizar o modelo de trabalho e gestão da principal cidade do Centro-Oeste de Minas.

Pela introdução, quase definimos a figura de um Prefeito. E pela credibilidade que lhe foi confiada por cinco majoritários que marcaram história na cidade, não seria absurdo que Ricardo Moreira, nascido e criado em Divinópolis e hoje com 69 anos, ocupasse um cargo de maior destaque no município. Responsável direto pela informatização do setor de cadastro da Prefeitura Municipal, ainda na gestão do ex-prefeito Antônio Martins, em 1973, Ricardo marcou seu nome como um dos funcionários mais bem avaliados em diferentes gestões.

Quem viveu no mesmo ambiente de trabalho, enxerga em Ricardo Moreira um exemplo de dedicação e amor pela cidade. Conhecendo Divinópolis como poucos, Ricardo tem um lugar específico onde tem milhares de informações desconhecidas por grande parte da população: a própria memória.

Ora diretor de cadastro, ora secretário de governo, Ricardo sempre esteve presente nas principais administrações municipais nos últimos 50 anos. Depois do trabalho feito com Antônio Martins, foi braço direito ainda dos ex-prefeitos Fábio Notini, Domingos Sávio, Demétrius Pereira e Galileu Machado. No último mandato, em 2018, ocupou, por um ano e três meses, o cargo de secretário de governo, até precisar se afastar para tratar de um problema de saúde.

Divinópolis antes e depois de Antônio Martins

Ricardo lembra com carinho do seu primeiro trabalho na Prefeitura, e acredita que Divinópolis possui duas histórias: Antes de Antônio Martins e Depois de Antônio Martins. Nesta época, em 1973, Ricardo foi convidado a ocupar a diretoria de cadastro. Mas um importante detalhe: antes de sentar numa das mais importantes cadeiras do Executivo, trabalhava numa empresa em Belo Horizonte, onde era responsável pelo setor de cadastro de algumas cidades, como Contagem. Veio para a Prefeitura com um objetivo: informatizar e modernizar o sistema de cadastro como vinha sendo feito nestes municípios.

Se hoje este setor na Prefeitura conta com ampla automatização e melhoria no sistema de arquivos, muito se deve ao trabalho de Ricardo Moreira, que classifica a gestão de Antônio Martins como um divisor de águas por ter promovido essa modernização.

CRESCIMENTO

Divinópolis conta hoje com mais de 240 mil habitantes. O crescimento em ritmo acelerado nas últimas décadas tem participação importante de todas as repartições públicas, que buscaram o desenvolvimento em diversas vertentes, transformando a cidade em pólo industrial e confeccionista. E o setor de cadastro tem papel fundamental neste crescimento.

Já foi em Santo Antônio dos Campos? A querida ‘Ermida’, como é conhecida, vem se desenvolvendo rapidamente nos últimos anos. Um dos motivos pelo qual se tornou atrativa é o fácil acesso. Ricardo Moreira, quando trabalhou na Ruralminas (Fundação Rural Mineira Colonização e Desenvolvimento Agrário), foi responsável por toda a estrutura de base e sub-base da estrada de Ermida.

LEGISLADOR

Paralelamente às ações na Prefeitura, Ricardo Moreira ainda tinha um trabalho para qual foi destinado por Deus: o de pai. Tendo Ana Carolina, Vitor e Sandro (com quem mantém hoje uma empresa contábil) como seus alicerces, Ricardo sempre buscou ser um exemplo para toda a família. Hoje, os três filhos possuem carreiras formadas, sólidas e bem traçadas.

Nos anos 90, um novo desafio: o da vereança. A vida pública sempre atraiu Ricardo para novos rumos, e a Câmara de Vereadores o recebeu, na legislatura de 1993-1996. Mesmo conhecedor dos trâmites burocráticos da Prefeitura pela sua vasta experiência nas duas décadas anteriores, a Câmara também marcou sua carreira pública.

BONS AMIGOS

O coração batia mais forte pelo setor no qual sempre ganhou destaque.

Não à toa, após os quatro anos como vereador, voltou a ser convidado a ocupar o Cadastro da Prefeitura, que na época contava com o hoje Deputado Federal Domingos Sávio como Prefeito recém-eleito.

Foram cinco prefeitos diferentes e com amizades duradouras. Sua boa ligação com todos que o cercaram durante as décadas na vida pública, aliadas à sua experiência e invejável memória, fizeram de Ricardo uma verdadeira enciclopédia divinopolitana. Mesmo longe dos holofotes, ainda é requisitado por quem ocupa o cargo que um dia foi exercido com maestria por um dos servidores mais dedicados à cidade em toda a história.

Para o futuro, fica o desejo: uma cidade cada vez mais evoluída e que continue seguindo o legado deixado por quem fez história.

 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!