Publicidade

Até Zema já reconhece que Bolsonaro ‘menosprezou inimigo’ na pandemia

Postado em 02/04/2021 14:45

O Governador de Minas Gerais Romeu Zema participa da reabertura do Alto-Forno 1 da Usiminas junto ao Presidente da Republica Jair Bolsonaro Foto: Pedro Gontijo / Imprensa MG

O governador mineiro, um dos poucos que ainda mantinham boas relações com Bolsonaro, fez críticas à atuação do governo federal na pandemia. “Hoje, 220 milhões de brasileiros estão pagando uma conta altíssima devido a essa falta de coordenação central”, falou

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), um dos poucos governadores que ainda mantinham boas relações com Jair Bolsonaro, fez críticas à condução da pandemia de Covid-19 no Brasil pelo governo federal. Em reunião com representantes do setor produtivo de Minas, segundo Lauro Jardim, do jornal O Globo, Zema disparou: “só estamos vivendo toda essa situação porque, ano passado, o governo federal menosprezou um inimigo que ninguém conhecia. (…) Hoje, 220 milhões de brasileiros estão pagando uma conta altíssima devido a essa falta de coordenação central, essa falta de visão do governo federal”.

Advertisement

A insatisfação do governador mineiro representa um isolamento de Bolsonaro que se aprofunda cada vez mais.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!