Publicidade

Vídeo de “desculpas” de MC Gui aumenta revolta do público

Postado em 22/10/2019 17:10
Publicidade

Por Hugo Serelo

MC Gui virou o alvo de revolta após postar um vídeo criminoso ontem (21) em seu Instagram. O funkeiro filmou uma criança de cerca de 10 anos durante um passeio na Disneylândia. Nas imagens, o funkeiro zombava das  características físicas da garota.

Mesmo sem falar português, a criança estrangeira percebe que está sendo filmada e fica nitidamente constrangida. Mesmo assim, MC Gui e seus amigos se divertem ao caçoar da vítima.

Reação

Imediatamente, milhares de pessoas criticaram o cantor pelo teor da publicação.

Em poucas horas, MC Gui foi duramente criticado por milhões de pessoas, e ainda sofreu com anúncios de rompimentos de patrocinadores e de shows.

Numa tentativa de contenção de danos, MC Gui gravou um vídeo com um pedido de desculpas. Mas a arrogância característica do funkeiro piorou as coisas. 

Durante o depoimento, o artista nega ter humilhado a garota. Em seguida, disse que “a internet está com muito mimimi”.

A prepotência de MC Gui gerou ainda mais revolta na internet e as críticas aumentaram.

A Vítima

A criança humilhada nas imagens não foi identificada. Por não ter sobrancelhas destacadas e aparentemente usar peruca, pessoas deduziram que talvez pudesse se tratar de uma garota que passe por processo de quimioterapia. Mas nada foi confirmado até o momento.

Expor menores através de filmagens sem consentimento é caracterizado como crime nos Estados Unidos. 

Se a família da vítima descobrir que a filha fora vítima de tamanha exposição e proceder numa ação jurídica, o cantor poderá sofrer com a justiça americana.

Férias

Enquanto isso, o funkeiro segue de férias na Disneylândia.

O cantor disse ser fã do Halloween e só deve voltar ao Brasil na semana que vem.

 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!