PC de Minas apresenta balanço de 2019 referente ao departamento de combate ao narcotráfico

Postado em 28/12/2019 7:46

A Polícia Civil de Minas Gerais divulgou um balanço realizado por meio do Departamento Estadual de Combate do Narcotráfico (Denarc). Segundo informações, o departamento em 2019 recuperou 4.820 quilos de drogas em um ano. Comparado com o ano passado, houve um aumento de 389% no volume de drogas apreendidas. Em relação aos suspeitos que foram presos, teve um aumento. Foram 99 operações realizadas em 2019, 39% a mais que em 2018.

Foram aproximadamente seis toneladas de drogas apreendidas encaminhadas, no dia 24 de outubro, para incineração. Dentre o material estavam 5,5 mil quilos de maconha, 264 quilos de cocaína, além de remédios de uso controlado e vasilhames.

Alguns casos foram destaques neste ano, como por exemplo, a operação desenvolvida em combate ao tráfico de drogas nas dependências da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Na ocasião, foram cumpridos mandados de prisão e de busca e apreensão na instituição e nas casas dos suspeitos. Três pessoas foram presas no diretório acadêmico da Faculdade de Filosofia da UFMG. Todos irão responder por tráfico e associação ao tráfico de drogas. As investigações foram concluídas no mês de julho.

O Departamento também apreendeu mais de duas toneladas de maconha vindas para o Brasil do Paraguai. Nessa ação da Polícia, quatro pessoas foram presas.

Para o chefe do Denarc, Júlio Wilke, o saldo positivo neste fim de ano veio de um trabalho que teve planejamento por parte dos delegados, escrivãs e investigadores. O objetivo principal segundo ele, é intensificar as operações para combater o tráfico de drogas.

 

 

 

 

 

 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
error: Este conteúdo é protegido!