Publicidade

PC alerta: criminoso se passa por agente de banco e já fez mais de 10 vítimas na região Centro-Oeste

Postado em 03/09/2021 18:50

 

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), em Itaúna e Itatiaiuçu, alerta a população da cidade e região sobre o golpe do falso atendente de instituição bancária. Os golpes consistem em ligações telefônicas pedindo confirmação de dados, troca de cartões dentro dos bancos, falsos atendentes de agências bancárias, ligações solicitando Pix, dentre outras.

Advertisement

Conforme apurado até o momento, na ação criminosa, o suspeito permanece com a vítima ao telefone, enquanto um suposto funcionário do banco vai até a casa dela para recolher cartões de crédito/débito, juntamente com as senhas. Há suspeita de que os golpes também sejam praticados nas imediações de agências bancárias.

De acordo com o delegado Leonardo Moreira Pio, que responde pela Delegacia de Polícia Civil em Itaúna, somente nos últimos 30 dias, 12 vítimas registraram ocorrências relatando casos parecidos. “Grande parte das vítimas são idosas. Recentemente, identificamos uma vítima que teve prejuízo estimado de R$ 90 mil”, afirma.

O delegado ainda alerta para que nenhum dado seja repassado por meio de telefone ou mensagens. “O cidadão deve sempre priorizar o atendimento pessoal com seu gerente ou funcionário conhecido do banco. Se não for possível, em razão da pandemia, entre em contato pelo número de telefone que consta no verso do seu cartão, pois esses são os canais oficiais do seu banco”, finaliza.

Com o objetivo de apresentar à população os principais golpes cometidos por criminosos, a Polícia Civil lançou, no mês de julho de 2020, a cartilha “Golpe, só se for nos criminosos”. Confira:

https://drive.google.com/file/d/1vtU0ObtUBjftH-9Q76BBkbiWaBwDpUL9/view

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade