Publicidade

Operação da PF em presídios cumpre mandado em Formiga; 22 são presos em MG

Postado em 05/08/2021 21:46

 

A Polícia Federal (PF), com o apoio das polícias Civil, Militar, Penais Estadual e Federal, realizou, nesta quinta-feira (5), a Operação Panóptico para combater a compra e venda de vagas no sistema penitenciário de Minas Gerais. Em Formiga foi cumprida uma medida cautelar na Penitenciária Regional. 

Advertisement

Medidas cautelares também foram cumpridas nas cidades mineiras de Belo Horizonte, Contagem, Vespasiano, Lagoa Santa, Ribeirão das Neves, Ouro Preto, Patrocínio, Francisco Sá, Muriaé e São Joaquim de Bicas, e também em Mossoró (RN) e Viana (ES).Mandados de prisão e busca e apreensão são cumpridos em outras dez cidades do Estado.

Segundo a PF, as investigações começaram com as ocorrências de tráfico de drogas, concussão e corrupção passiva, após apreensão de uma barra de maconha com um detento na Penitenciária Nelson Hungria em Contagem. Com ele, ainda foi apreendido um aparelho celular com mensagens e cópias de comprovantes bancários em favor da mulher de um servidor, o que indicava a participação de servidores da unidade prisional em suposto esquema de corrupção dentro do presídio.

A evolução das apurações identificou a participação de policiais penais, advogados, detentos e de outros estabelecimentos penitenciários, servidores públicos do Departamento Penitenciário de Minas Gerais (Depen-MG) e um assessor parlamentar de um deputado estadual.

De acordo com a Polícia Civil, foram cumpridos 22 mandados de prisão preventiva, 54 mandados de busca e apreensão (com arrecadação de R$50 mil) e cinco medidas cautelares de afastamento de função pública. Uma pessoa ainda é procurada pelos policiais.

A ação policial contou com o empenho de 214 policiais das instituições integrantes da força-tarefa. A investigação segue em sigilo.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!