Publicidade

Número de roubos seguidos de morte sobe 42% em Minas

Postado em 28/12/2020 22:43

 

Os latrocínios, roubos seguidos de morte, cresceram 42%  em Minas Gerais nos primeiros 10 meses deste ano. De janeiro a outubro foram 90 ocorrências registradas, contra 63 no mesmo período de 2019. Os dados são da Polícia Civil.

Advertisement

As estatísticas chamam ainda mais atenção porque 2020 nem acabou e os casos já superam os do ano passado, que fechou em 74 registros desse tipo de crime.

A porta-voz da Polícia Militar (PM) de Belo Horizonte, Layla Brunnela, informou que a principal recomendação é manter a calma durante um assalto. “A nossa orientação sempre é de não reagir, mesmo sabendo que, ainda sim, esse autor pode cometer o homicídio pós-roubo.”

Por meio de nota, a Polícia Civil afirmou que além da reação da vítima, outros fatores podem ser decorrentes do crime, como nível de estresse, uso de álcool, entorpecentes e até mesmo a necessidade de eliminar provas.

Este tipo de crime tem a pena máxima de 30 anos de prisão.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!