Publicidade

Nova Serrana multa Copasa em 1,3 milhão

Postado em 05/03/2021 14:00

O Procon de Nova Serrana instaurou um processo administrativo contra  Companhia de Saneamento Básico de Minas Gerais (Copasa) a fim de buscar uma solução junto a empresa para os constantes casos de desabastecimento de água em diversos bairros da cidade e para o mau cheiro proveniente do poço de tratamento e coleta (ETE) instalado próximo ao bairro Gamas.

Além de um abaixo assinado feito pelos moradores de Gamas, o Procon também reuniu no processo documentação referente a denúncias feitas por consumidores e notificações feitas pelo Executivo à empresa. O objetivo foi comprovar a má prestação do serviço público de abastecimento de água bem como o descaso da empresa em não buscar soluções concretas e definitivas para solucionar o problema que se tornou crônico na cidade.

Comprovada a má prestação do serviço por parte da empresa, o Procon decidiu aplicar multa de R$1,3 milhão de reais à Copasa, a fim de ressarcir os consumidores que foram lesados pela empresa e apresentaram denúncias junto ao Procon.

Advertisement

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!