Mulher que matou menina de 6 anos por asfixia em Divinópolis é condenada a 18 anos de prisão - Portal MPA

Publicidade

Mulher que matou menina de 6 anos por asfixia em Divinópolis é condenada a 18 anos de prisão

Postado em 27/05/2022 18:59
Publicidade

Amanda foi morta por asfixia pela vizinha, no Bairro Lagoa dos Mandarins, em 2019. Foto: redes sociais

 

Foi condenada a 18 anos de prisão, em regime inicialmente fechado, Sarah Maria de Araújo. Ela matou Amanda Filgueira Calais, de 6 anos, no bairro Lagoa dos Mandarins, em Divinópolis, em agosto de 2019. Ela irá responder por homicídio triplamente qualificado.

Na época, a condenada disse para a polícia que matou a menina por vingança contra a mãe dela. Segundo a acusada, a mãe de Amanda havia feito uma denúncia contra ela no Conselho Tutelar. Sarah aguardava o julgamento presa. Em 2020, a Justiça realizou as oitivas com as testemunhas do caso no fórum.

A Justiça entendeu que Sarah agiu por motivo fútil e matou a menina por asfixia e de surpresa, o que impossibilitou a defesa da vítima. 

Segundo o que consta no documento de condenação de Sarah, após matar a menina, ela colocou um lençol na sala e na janela para que o crime não fosse descoberto, já que a polícia e a família procuravam pela menina nas redondezas.

Mais de cinco horas depois ela jogou o cadáver da menina pela janela, o que demonstrou ainda mais frieza, segundo júri.

Publicidade