Publicidade

Minas lidera ranking nacional de apreensão de armas e é vice no de drogas

Postado em 28/06/2020 8:07

Minas Gerais lidera o ranking nacional de apreensão de armas e é vice em relação as drogas.

A posição do estado neste 2020, revelada em pesquisa divulgada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, é fruto do trabalho integrado das forças de segurança mineiras.

De janeiro a junho, as polícias Civil, Militar e Corpo de Bombeiros tiraram 3.647 armamentos de circulação e apreenderam 195,4 toneladas de drogas no estado.

“No Brasil, a iniciativa reuniu esforços em operações integradas de repressão, prevenção e educação”, lembrou o secretário Executivo de Segurança Pública da Sejusp, Alexandre Leão. Cada órgão, dentro da sua área de atuação, participou e somou esforços para que os resultados pudessem ser atingidos a contento”.

As ações em Minas foram coordenadas pelo Centro Integrado de Comando e Controle (CICC).

Ações

Na semana passada, a Polícia Civil realizou 81 operações em todo o Estado e resultaram na apreensão de mais de uma tonelada e na incineração de 13 toneladas de drogas.

A Polícia Militar de Minas, por sua vez, reforçou o cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão, além de operações policiais em áreas relacionadas ao tráfico de drogas. A corporação também realizou 4.328 barreiras policiais em todo o estado.

Comandante da Diretoria de Apoio Operacional da PM, o coronel Alexandre Magno destacou o trabalho de prevenção e de repressão às drogas. “No combate e enfrentamento às drogas temos contabilizado bons resultados. Reforço que a participação da população por meio do Disque Denúncia é muito importante”.

Durante a Semana Nacional de Combate às Drogas, o Disque Denúncia 181, coordenado pela Sejusp, recebeu 836 denúncias relacionadas ao tráfico de drogas em Minas.

 

Com informações Agência Minas

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!