Publicidade

Homem agride vigia de banco, tenta roubar arma e acaba é preso, em Uberlândia

Postado em 29/08/2020 14:47

A Polícia Militar (PM) de Uberlândia prendeu um homem de 44 anos que provocou um grande tumulto dentro de uma agência da Caixa Econômica Federal no Centro da cidade. O autor teria agredido dois funcionários e tentado tomar a arma do vigilante da agência enquanto era abordado pelo vigia para que se acalmasse. Ele tentava receber o auxílio emergencial e alegou que apesar de algumas tentativas não estava conseguindo. O fato se deu na agência da Praça Tubal Vilela. De acordo com informações do segurança à Polícia, o cliente já chegou exaltado e agressivo, tendo inclusive furado a fila para conversar com um atendente.

Quando começou a gritar, o vigilante interveio, mas foi empurrado pelo cliente, que teria dito não ter medo dele. O vigia colocou a mão sobre a arma de fogo na cintura, como forma de intimidação e o agressor segurou a mão do trabalhador, supostamente tentando pegar o armamento. O suspeito foi contido até a chegada dos militares. Ele disse que estava nervoso por ter perdido o emprego, e mesmo tendo sido aceito no programa federal de auxílio emergencial em julho, até hoje não havia conseguido receber o benefício. Dois funcionários da agência tiveram algumas escoriações leves. O autor foi preso em flagrante por lesão corporal e ameaça.

A Caixa Econômica Federal afirmou que após a chegada da Polícia Militar a segurança de todos foi restabelecida e o atendimento seguiu normalmente. Informou ainda que “todos os clientes que procuram as agências em busca de serviços essenciais, como o pagamento do Auxílio Emergencial e o Saque Emergencial do FGTS, além de outros benefícios sociais, estão sendo atendidos no mesmo dia”.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!