Publicidade

Estado de Minas Gerais inova ao apresentar APAC Juvenil

Postado em 03/10/2019 13:19

A primeira Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac) dedicada ao público juvenil no mundo será inaugurada em Frutal, na próxima sexta-feira (4/10). Na unidade, será desenvolvido o projeto piloto de aplicação da metodologia apaquiana para a recuperação de adolescentes em conflito com a lei, uma experiência inédita.

Batizado de Apac Juvenil Centro Educacional Doutor Mário Ottoboni, o espaço custou R$ 770 mil, valor integralmente pago pelo Poder Judiciário local com verbas de prestações pecuniárias. Iniciada em janeiro de 2019, foi concluída em apenas nove meses e realizada pelos recuperandos da Apac masculina da comarca.

A unidade possui 4 mil metros quadrados de área total. Os 1.206 metros quadrados de construção abrigam a área administrativa e a área para os internos, nos regimes de semiliberdade, internação provisória e internação. O prédio tem capacidade para receber até 60 jovens.

No espaço lúdico, há uma área de jardinagem com mil metros quadrados e uma quadra de areia. A área administrativa é composta por recepção, salas da diretoria, da equipe de administração, de apoio aos plantonistas e atendimento odontológico, psicológico e de assistência social, além de cozinha, dispensa, varandas e banheiros acessíveis.

Em seu nome, o centro educacional homenageia o idealizador da metodologia apaquiana. Estudioso do sistema penitenciário brasileiro, Mário Ottoboni criou na década de 1960 um grupo para avaliar de perto a realidade dos presídios e estudar o tema. Dessa experiência, e sob a liderança dele, surgiu o método Apac.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!