Publicidade

Em Divinópolis, servidores públicos e empresários são suspeitos de receber auxílio-emergencial indevidamente

Postado em 17/07/2020 0:04
Publicidade

Os crimes contra a União durante a pandemia de Covid-19 são investigados em todo o Brasil. Em Divinópolis, a Polícia Federal apura mais de 30 denúncias de pessoas que teriam recebido indevidamente os pagamentos de auxílio-reclusão.

Entre os envolvidos estão empresários que ostentam vida de elevado padrão. Agentes da PF informam que também há denúncias contra servidores públicos que teriam sido indevidamente agraciados com os R$600,00 de auxílio pago pelos cofres públicos.

Os casos são analisados individualmente. Com o cruzamento de dados, falcatruas podem ser detectadas. Em caso de comprovação de fraude, os autores responderão criminalmente e devolver o dinheiro recebido.

Autoridades públicas prometem rigor nas investigações.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!