Publicidade

Confira novas informações sobre Operação “Cangaço”, mandados de prisão são cumpridos em Divinópolis

Postado em 31/07/2020 12:46

A Operação denominada “Cangaço”, é uma investigação do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO) de Pouso Alegre/MG, que culminou na prisão na manhã desta sexta-feira (31/07), de acusados de explosão de caixas eletrônicos em agências bancárias, nos municípios mineiros de São Gonçalo do Sapucaí, Elói Mendes, Campo Belo e em Pedralva, neste ano. Os acusados são todos residentes de Divinópolis, dessa forma, o GAECO de Pouso Alegre teve o apoio do GAECO de Divinópolis, além do apoio da Polícia Militar, Polícia Civil e Polícia Penal.

Durante coletiva de imprensa, o Promotor e também coordenador do GAECO de Divinópolis, Leandro Willi, disse que autoridades de Divinópolis já estava monitorando os suspeitos, e posteriormente, foram fornecidas informações colhidas em Divinópolis ao GAECO de Pouso Alegre. Após a investigação, foi feito o pedido de mandado de prisão e mandado de busca e apreensão que foram cumpridos em Divinópolis. “Ao todo foram cumpridos 9 mandados de prisão e 10 mandados de busca e apreensão. Em Divinópolis, já foram cumpridos hoje 5 mandados de prisão, destes 01 cumprido na cidade de Itaúna e 01 em Francisco Sá. Um suspeito ainda se encontra foragido”, afirmou.

Na operação ainda foram apreendidos objetos relacionados às práticas criminosas como dinheiro, cheques e munições. Além de explosão de caixas eletrônicos, os acusados também são suspeitos de envolvimento com roubos de carros.

A Operação “Cangaço” contou com a participação de 2 promotores de justiça, 50 policiais militares, 20 policiais civis, 16 policiais penais, com um total de 25 viaturas e 1 aeronave. Mais detalhes dessa operação no Jornal Candidés, canal 13, às 19h. 

.

Foto Sistema MPA de Comunicação

 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!