Publicidade

Cerca de 7 toneladas de drogas são incineradas pela PCMG

Postado em 04/09/2021 6:34

 

Cerca de 7 toneladas de drogas são incineradas pela PCMG

Foto PCMG/Cerca de 7 toneladas de drogas são incineradas pela PCMG

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) incinerou quase 7 toneladas de drogas, na sexta-feira (3/9), durante ação coordenada pelo Departamento Estadual de Combate ao Narcotráfico (Denarc). Os entorpecentes são provenientes de operações policiais realizadas na capital e no interior do estado.

Na ocasião, foram incinerados diversos tipos de drogas, entre maconha, cocaína, crack, ecstasy, entre outras, além de medicamentos de venda controlada e uso proscrito. De acordo com o chefe do Denarc, delegado-geral Antônio Prado, “essa ação é resultado de intensas investigações e da repressão qualificada que a Polícia Civil realiza por meio do Denarc. O objetivo é retirar essas substâncias de circulação e desestimular o consumo, além de enfraquecer e desarticular organizações criminosas que atuam na capital mineira”.

Advertisement

Ainda durante os trabalhos, foram incinerados mais de uma tonelada de medicamentos com validade vencida. “Na ação de hoje, a Polícia Civil ainda colabora com a Cruz Vermelha do Brasil, em Minas Gerais, com o objetivo de descartar de forma correta vários medicamentos”, conta o delegado.

O transporte das drogas da capital até a sinérgica, localizada na região Central de Minas, contou com forte esquema de segurança, e teve o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) da PCMG. O Ministério Público e a Vigilância Sanitária acompanharam os trabalhos.

“Com essas ações, a Polícia Civil segue cumprindo o seu papel constitucional e garantindo melhor qualidade de vida e segurança para os cidadãos mineiros”, conclui Antônio Prado.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!