Publicidade

Perfil: Conheça as mulheres que fazem a força do Sistema MPA

Postado em 08/03/2020 20:49

8 de Março é importante para celebrar as mulheres presentes no dia a dia e refletir sobre como a valorização feminina também enriqueceria a sociedade

 

Mulheres que fazem a força da sociedade são sempre lembradas. Porém, neste dia oito de março (e ao longo da semana que o antecede) são comuns as ações que visam lembrar as mulheres pelo seu dia com envio de mensagens, dedicar abraços e saudações, além de presentear com flores, doces e mimos diversos as mulheres da sociedade. São iniciativas válidas mas que podem e devem ser complementadas com uma reflexão sobre o lugar que as mulheres realmente  ocupam na atualidade. 

 

mariella mourao

Responsável pelo setor jurídico do Grupo Sistema MPA, a advogada Mariella Mourão encontra na jardinagem e na montagem de quebra- cabeças os seus hobbies.

Mariella Mourão – Jurídico 

Responsável pelo setor jurídico do Grupo Sistema MPA, a advogada com ampla atuação no meio jurídico Mariella Mourão encontra na jardinagem e também na montagem de quebra- cabeças os seus hobbies.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dentre as reflexões bastante realistas esta a informação de que o Brasil pode expandir sua economia em até R$ 382 bilhões ao longo de oito anos se aumentar a inserção das mulheres no mercado de trabalho em um quarto até 2025, estima a Organização Internacional do Trabalho (OIT). Os dados foram divulgados junto ao relatório global sobre a participação feminina no mercado de trabalho. 

 

adelci mattar

Adelci Mattar Aguiar

 

Adelci Mattar Aguiar – Diretoria

Figura bem quiista pela sociedade divinopolitana, a empresária foi, outrossim,  uma das responsáveis pela fundação e administração das emissoras que hoje compreendem o Sistema MPA. Adelci Mattar mostra do alto de sua experiência o perfil da mulher que faz a força do Sistema MPA como maior grupo de comunicação do interior mineiro.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Outra análise encabeçada pelo Banco Mundial aponta que as mulheres são maioria no ensino superior, mas ocupam apenas 38% dos cargos de chefia. No Brasil por exemplo, as trabalhadoras ganham cerca de 30% a menos que os homens. As mulheres desempenham 66% de todo o trabalho no mundo, produzem 50% de toda a comida, mas recebem apenas 10% do rendimento e são donas de 1-2% da propriedade.

Angela Borba

Angela Borba

 

Angela Borba – Corretora de Mídia/Vendas 

Primeiramente Angela Borba teve contato com a empresa em 1987, quando a emissora “Rádio Cultura” ainda estava localizada no quarteirão fechado da R. São Paulo. Retornou para o grupo em 2011. Tem como hobbie ler, assistir comédias e documentários.  “Enxerga como desafios para as mulheres não perderem sua feminilidade em meio a competição por igualdade. Segundo Angela as mulheres conquistaram o espaço pela força no passado e agora precisam ser valorizadas por seu intelecto.” 

 

 

 

 

Já sob a perspectiva do desenvolvimento existem aproximadamente 187 milhões de mulheres empreendedoras a nível mundial, que detêm pelo menos 32-39% de todas as empresas privadas na economia formal. Mais empreendedoras mulheres que homens introduzem inovação (novos produtos e serviços) nos países desenvolvidos.

 

 

Amanda Gontijo

Amanda Gontijo

 

Amanda Gontijo – Corretora de Mídia/Vendas 

Amanda integra a equipe MPA desde 2005. Tem como hobbie: crossFit, viajar e tocar piano.                                    “A dificuldade acredito que ainda seja um pouco do machismo, ainda há muito julgamentos, esperam que as mulheres tenha um estereótipo correto e isto não existe mais, as mulheres têm se destacado em vários aspectos socialmente e profissionalmente cada vez mais e ainda existem empresas que o salário para homens e mulheres se diferem, um padrão antigo, pois homens eram considerados os pais de família, que são responsáveis pela maior parte da sustentação em uma família. Contudo, hoje as mulheres têm feito múltiplas funções de mãe, esposa, dona de casa e a trabalhadora que sustenta um lar… as mulheres estão em constante mudança e esperamos que assim conseguiremos mudar ainda muito o que há de machismos por aí… evoluindo sempre”

 

 

 

 

 

 

História 

Em 8 de março de 1917 (23 de fevereiro, no calendário gregoriano), ainda na Rússia Imperial, organizou-se uma grande passeata de mulheres, em protesto contra a carestia, o desemprego e a deterioração geral das condições de vida no país. Operários metalúrgicos acabaram se juntando à manifestação,
Em 1975, o dia 8 de março foi instituído como Dia Internacional da Mulher, pelas Nações Unidas. Atualmente, a data é comemorada em mais de 100 países

 

 

Aline Melo

Aline Melo

 

Aline Melo – Corretora de Mídia/Vendas 

“Entrei para o mundo do rádio em 2011. 
Há 09 anos faço parte do Sistema MPA. Comecei como estagiária no setor de marketing e hoje faço parte da equipe de vendas. 
Adoro viajar e estar com meus amigos. 
Acredito que nós mulheres temos conquistado cada vez mais nosso espaço em todos os sentidos, mas ainda não é o suficiente. A maior dificuldade é busca pela igualdade e a confiança das pessoas. Pois somos capazes de fazer tudo aquilo que desejamos ser.”
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Ana Clara – Operacional 

 
Ana Clara

Ana Clara

 
Integra a equipe desde 2019 e tem como lazer a prática de esportes. Ana Clara acredita que o principal desafio da mulher atualmente é lutar pela igualdade. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Carlla Maryella – Jornalismo/Redação 

 
Carlla Maryella

Carlla Maryella

 
Também integrante também de longa data da equipe Rádio Minas e TV Candides, 
a repórter Carlla tem como lazer: viajar, conhecer culturas diferentes, ama leitura, o teatro, a dança, dentre outras possibilidades culturais.
Segundo Carlla “as mulheres já avançaram bastante em vários segmentos. Cada vez mais estão se inserindo ao mercado de trabalho e ganhando destaque. É fundamental que as mulheres percebam que todas tem qualificações e potencial. Que todas possam “tirar de letra” os obstáculos que surgirem pelo caminho.”
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Claudia Tavares – Corretora de Mídia/Vendas 

 
claudia tavares

claudia tavares

Claudia começou no Sistema MPA em 1995.
Para os momentos de lazer a corretora  confessa que ultimamente estou curtindo muito o descanso. Mas gosta também de viajar, 
praticar atividade física. Segundo Claudia curtir uma boa prosa com os amigos faz muito bem.
 
Sobre as dificuldades das mulheres na sociedade a corretora afirma que vê a dificuldade em equiparação salarial com os homens e 
oportunidades de melhores cargos.  
“Algumas empresas ainda hesitam em contratar profissionais mulheres para cargos mais elevados” diz.
“Falando da minha realidade eu tenho um grande desafio que é administrar o tempo: ser mãe, 
ser filha, ser profissional , cumprir tudo com excelência não é fácil, acredito que seja a dificuldade de várias de nós…Mas amo o que faço isso é o mais importante!
E somos muito artistas! Fazemos várias coisas ao mesmo tempo, somos mais flexíveis que os homens. Deixo meu Parabéns para todas nós Mulheres!
 
 
 
 
 

Cristiana – Operacional 

 
Cristiana

Cristiana

 
 
Colabora com o Sistema MPA desde Janeiro de 2020.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Dirlene Magalhães – Jornalismo/ Comunicadora

 
Dirlene Magalhaes

Dirlene Magalhaes

 
Dirlene entrou na empresa em 1991 como discotecária e depois foi para o jornalismo, a locução veio bem depois. A comunicadora  gosta de ler , ver filmes e documentários e curtir seus cachorros nos momentos de lazer. 
Segundo ela “hoje vivemos em um dos países que mais matam mulheres no mundo . Alguma coisa está muito errada . A mulher ainda está muito presa ao sistema patriarcal e por isso, ainda cria as meninas de forma diferente dos meninos, o machismo começa em casa . As filas nos presídios mostram como a mulher é carente ao ainda buscar nesses lugares os parceiros. A independência financeira e intelectual é o único caminho para uma auto estima elevada e o surgimento do verdadeiro empoderamento feminino”.
 
 
 
 
 

Dayana Moraes – Corretora de Mídia/Vendas 

 
 
Dayana Moares

Dayana Moares

 

Dayana Kelen faz parte da equipe desde março de 2002. Seus principais hobbies são assistir a filmes e séries. A corretora enxerga como principal desafio a gestão do tempo entre a maternidade, o empenho profissional e os cuidados com o próprio bem estar. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
 
 

Fabiana Gomes Corretora de Mídia/Vendas 

 
fabiana gomes

fabiana gomes

 
Também no perfil das mulheres que fazem a força do Sistema MPA esta Fabiana Gomes. A data de início das atividades de Fabiana Gomes no Sistema MPA foi  agosto de 2007.
O lazer preferido é viajar, e o hobby é assistir a séries.
Fabiana entende que: “o maior desafio para mulher hoje no meu ponto de vista é superar o preconceito de outras mulheres, visto que nas empresas a luta por direitos iguais já se arrasta por muitos anos.
Mas quando vejo uma mulher falar mal de outra,  uma mulher que aceita ser submissa,  uma mulher que julga a outra mulher pelo que ela veste sinto a causa enfraquecida”.
 
 
 
 
 

Geise Oliveira – Operacional 

 
Geise Oliveira

Geise Oliveira

 
Geise ingressou no Sistema MPA em 2012.
Tem como Hobby: assistir filmes e sair com amigos pra jogar conversa fora e tomar açaí. 
Como desafio feminino Geise afirma que: “eu penso que os maiores desafios da mulher na sociedade atual seja a busca pela igualdade nas grandes empresas, onde alguns cargos ainda são considerados do sexo masculino”.
 
 
 
 
 
 
 
 

Janice Rodrigues – Auxiliar Geral 

 
Janice Rodrigues

Janice Rodrigues

 
Janice esta ha 10 anos na empresa, anteriormente tendo começado sua colaboração na TV Candides. A auxiliar relata que tem nos momentos de descanso em casa seu relaxamento ao finais de semana. Segundo Janice um desafio para a mulher é ser respeitada e admirada pelos maridos, já que nem todos os homens aceitam bem quando a mulher trabalha fora de casa e tem um salário melhor que o dele. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Lorena de Faria – Edição de Vídeo 

 
lorena de faria

lorena de faria

 
No perfil das mulheres do Sistema MPA a editora de vídeo Lorena entrou para a TV Candides em 2012.
Como hobbies tem a leitura, viajar, ouvir música, ir ao cinema, shows, sobretudo aprender coisas novas no tempo livre, cozinhar e estar com família e amigos.
Quanto ao desafio da mulher atual Lorena reconhece que são muitos: “ainda acho que a desigualdade de gênero é o maior desafio da mulher hoje. Ainda vejo que sendo mulher é mais difícil conseguir um salário melhor, ter reconhecimento e ser tratada de forma respeitosa. E isso ainda impede a escolher algumas profissões, que são consideradas de “homem”. Além disso, a mulher ainda tem que conciliar o trabalho a várias funções que ainda são atribuídas, ainda, somente a elas”.
 
 
 

Marina Alves – Marketing 

 
Marina Alves

Marina Alves

 
 
A comunicóloga Marina Alves esta há sete anos no MPA cuidando do marketing e área comercial.
Seus hobbies são: ler, ver filmes e “sofrer raiva vendo futebol kkkkkk
Sobre a condição da mulher ela afirma: “pra mim o desafio de ser mulher hoje é ainda de ser escutada e ter a mesma atenção e reconhecimento. A gente precisa estar mais em posições de destaque e valorizar o trabalho das outras para que todas cresçam”.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
]
 
 
 
 
 

Michele Fernanda – Corretora de Mídias/Comunicadora/Produtora de Conteúdo

 
Michele Fernanda

Michele Fernanda

 
Michele começou a atuar no Sistema MPA em 2001 e desde então já se dedicou nas áreas criativas (apresentação TV Candides e Rádios do grupo, produção de conteúdo) e também na área comercial como corretora de mídia. A comunicadora tem entre suas preferências nos momentos de lazer as viagens, os shows internacionais e grandes festivais, além de curtir baladas e programações culturais. 
Entre os desafios da sociedade atual Michele afirma que: ” por mais que a sociedade tenha evoluído, a voz das mulheres ainda fica em segundo plano. As mulheres são muito desacreditas em suas competências e até mesmo em suas denúncias. Algo que dificilmente ocorre com o homem. Existe uma cobrança para que a mulher faça o dobro para que se obtenha a metade do reconhecimento dado a maioria dos homens, isso é prejudicial para a sociedade como um todo que deixa de ter inovações em seu dia a dia simplesmente por não ouvir as soluções propostas pelas mulheres. 
 
 
 
 

Natalia Boari – Corretora de mídia/vendas 

 
natalia boari

natalia boari

 
 
Natália esta no Sistema MPA há 35 anos. tem como Hobbie: tocar violão e aprendiz de teclado . Vale ressaltar, que 
a corretora de vendas entende que o maior desafio de ser mulher nos dias atuais, é permanecer forte diante de atitudes machistas nos diversos ambientes do cotidiano.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Naiany Venceslau – Faturamento 

 
Naiany

Naiany

 
 
Naiany se tornou colaboradora do grupo MPA no ano de 2014. A jovem tem como hobby conhecer novos lugares. Porém, Naiany afirma que o desafio atual para as mulheres é a busca pela  equiparação salarial com homens.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Roseli Moreira – Secretária 

 
roseli moreira

roseli moreira

 
Roseli Moreira começou sua jornada junto ao Sistema MPA em 2001. A secretária tem entre as suas preferências de lazer viajar e desfrutar a companhia da família. No entanto, sobre os desafios principais Rose perceber que a maior dificuldade das mulheres é conciliar com maestria o trabalho e a o cuidado com a família. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Thaynara Faria – Jornalismo 

 
thaynara
 
No perfil das mulheres que fazem parte do Sistema MPA a jornalista Thaynara entrou para o time da TV Candides em 2015. Entre as atividades para o período de lazer ela destaca viajar, assistir Tv, sair com amigos e curtir a família. 

Também para Thaynara o maior desafio é a mulher ter que ficar “provando” a todo tempo que é capaz de desempenhar algo por total mérito, e sempre terem de ouvir comparações.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Sandra Ferrazzoli – Locutora 

 
sandra

sandra

 

Iniciou no Sistema MPA em 2016.

Nos momentos de lazer, ela convive com a família, conversa no telefone com os amigos, faz sessões de massagem relaxante e assisti séries.

Quanto aos desafios de ser mulher, ela acredita que as mulheres ainda são tratadas como inferiores na sociedade, a história até os dias de hoje é a mesma, mas o  empoderamento, automaticamente se posiciona contra essa tal “inferioridade”.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!