Publicidade

Mulher atropela, arrasta por 15 metros e mata o namorado prensado na parede de um bar, em Uberlândia

Postado em 07/12/2020 15:41

Suspeita arrastou, com o carro, por cerca de 15 metros, a moto em que homem estava; testemunhas revelaram que casal havia discutindo

Mulher atropela e mata namorado prensado na parede de um bar foto 8ºBBM Divulgação

Um assassinato brutal, supostamente ocorrido por motivações passionais, chocou moradores de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, no fim da noite da última sexta-feira (4). Depois de passar horas brigando com o namorado, que tinha 32 anos, e de o ter perseguido com veículo em que ela dirigia, uma mulher, de 30 anos, atropelou o companheiro de forma intencional, matando-o ao prensá-lo entre o veículo dela e a parede de um bar, no bairro Estrela da Vitória.

As informações sobre o crime foram repassadas à Polícia Militar por testemunhas e flagradas por uma câmera de segurança de um imóvel que fica na rua onde o fato aconteceu. A suspeita foi presa e não possuía carteira de habilitação. Ao ser submetida ao teste do bafômetro, os militares constataram ainda que a mulher estava alcoolizada.

De acordo com o boletim de ocorrência, testemunhas contaram que, mais cedo, Ezequiel Silva Borges estava no estabelecimento e que o casal estava discutido. Em um dado momento, a vítima teria saído do bar de motocicleta, mas começou a ser perseguida pelas ruas do bairro pela namorada, que estava em um Corsa vermelho.

Ainda conforme as testemunhas, que estavam sentadas em cruzamento na rua do bar onde crime ocorreu, no momento em que Silva passou próximo ao estabelecimento de moto, foi atingido pelo carro da mulher.

Advertisement

Uma câmera de segurança também captou as imagens do homicídio. Nela, conforme os militares, é possível ver que a vítima tentou fugir da perseguição, invadindo a contramão, mas acabou sendo atingido na traseira pelo Corsa, que arrastou a motocicleta por cerca de 15 metros até chegar ao bar.

Com o impacto, as grades de proteção e porta do comércio foram danificadas, além de uma das pilastras do estabelecimento, que caiu no chão.

Os veículos foram recolhidos e encaminhados para um pátio conveniado a Polícia Civil de Uberaba. No bolso do homem morto atropelado, os policiais encontraram dois pinos de cocaína, que foram apreendidos.

O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios de Uberaba.

  • Fonte: O Tempo

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!