Em Divinópolis número de empresas fechadas em novembro registrou uma queda de 7% - Portal MPA

Publicidade

Em Divinópolis número de empresas fechadas em novembro registrou uma queda de 7%

Postado em 23/12/2021 8:54

O Monitoramento Econômico de Divinópolis, que tem como base os dados do Ministério da Economia, aponta saldo positivo de 277 novas empresas na cidade, no mês de novembro de 2021.

O acompanhamento, realizado mensalmente pelo Instituto Vitaltec a pedido da CDL Divinópolis, mostra que no novembro existiam 33.510 empresas ativas. Sendo constituídas 513 e extintas 236.  

Após esboçar uma pequena reação no número de empresas abertas entre maio e junho, em novembro, houve a quinta queda consecutiva no total de empresas constituídas no município.

Em relação ao mês de outubro, houve uma variação de 5% negativo. No ano de 2021 a retração de empresas constituídas acumula uma queda de 25% e em relação ao mesmo período de 2020, o total de empresas constituídas apresentou uma queda de 5,5%.

O número de empresas fechadas em novembro registrou uma queda de 7% em comparação ao mês de outubro. Em comparação a novembro de 2020 houve majoração de 61% no número de empresas fechadas. Nesta análise estão considerados todos os tipos de natureza jurídicas das empresas.

Analisando os segmentos econômicos com os maiores números de empresas constituídas na cidade, nota-se como no resto do país, uma forte presença do terciário. As atividades com os maiores números de empresas ativas até novembro eram: comércio varejista de acessórios do vestuário, cabeleireiros e manicures, confecção de vestuários, promoção de vendas e obras.

De janeiro até novembro de 2021 foram registrados aumentos significativos de empresas caracterizadas como empresário individual na cidade. Do total de empresas constituídas em 2021, 85,29% eram caracterizadas por empresários individuas, 13,53% de sociedades limitadas e somente 0,83% Eireli.

Em Divinópolis, no acumulado de 2021 já foram abertas 6.635 desde total, 4.820 eram classificadas como empresários individuais.

Dentre as maiores cidades da região Centro-Oeste, a cidade de Nova Serrana 523, apresentou o maior saldo de negócios constituídos, em seguida ficaram, Divinópolis com 277, Pará de Minas com 106 e Itaúna com 77 unidades.

 

Tempo médio para abertura de uma empresa

O tempo médio de abertura de uma empresa, que considera o prazo burocrático para análise de viabilidade e registro de uma nova empresa no Brasil é em média de 47 horas, o tempo médio do estado de Minas Gerais é de 39 horas e em Divinópolis aproximadamente 29 horas.

O tempo médio para abertura de uma empresa no Brasil caiu quase pela metade em 20 meses, devido a medidas de simplificação decorrentes da Lei da Liberdade Econômica e da transformação digital.

Com a queda no tempo médio de abertura de empresas no País e aumento nos números de registro de novos negócios conclui-se que o brasileiro tem optado cada vez mais pelo empreendedorismo.