fbpx
Pular para o conteúdo
  • Home
  • Divinópolis
  • Um ano após visita de Zema ao Hospital Regional de Divinópolis; relembre promessas

Um ano após visita de Zema ao Hospital Regional de Divinópolis; relembre promessas

Image

Neste sábado (10/02), completa um ano da visita do governador Romeu Zema ao Hospital Regional de Divinópolis, ocasião em que assinou a ordem de serviço para a retomada das obras do hospital. Na época, a expectativa era que a construção fosse finalizada em até dois anos, mas, até o momento, pouco progresso foi feito.

O Hospital Regional de Divinópolis, cuja construção começou em 13 de março de 2010, prometia ser um marco na saúde pública da região Centro-Oeste de Minas Gerais, com mais de 200 leitos para atendimentos de média e alta complexidade pelo SUS. No entanto, em 2016, as obras foram paralisadas por falta de recursos.

Advertisement

Em fevereiro de 2023, durante a visita ao local, Zema assegurou que a construção seria retomada. No entanto, dois meses depois, em abril, a deputada estadual Lohanna França denunciou que as obras estavam paradas.

Em novembro de 2023, o Portal MPA e a Tv Candidés registraram imagens da situação do local após 5 mil dias de espera pela obra. A conclusão que estava prevista inicialmente para 2012, ficou para 2025.

Imagens registraram as consequências da obra parada há muito tempo, como paredes sujas, infiltrações e estruturas metálicas enferrujadas e forro de gesso incompleto. O Hospital Regional de Divinópolis tem 16 mil m² de área construída. Mais de 70% já está concluído, mas muita coisa já pronta se perdeu com o tempo inutilizado.

Na época, o prefeito Gleidson Azevedo (Novo) garantiu que as obras seriam retomadas no dia 27 de novembro. Após essa declaração, o Portal MPA foi até o Hospital Regional no dia seguinte, dia 28 de novembro, e não teria encontrado ninguém trabalhando no local. A vice-prefeita de Divinópolis, Janete Aparecida também esteve presente e ligou para o secretário de estado de saúde, Fábio Baccheretti, para buscar informações a respeito da retomada.

O diretor da pasta teria alegado que, até então, as intervenções seriam apenas para avaliar estruturas em mau estado como telhado, tubulações e outros materiais. No dia, em conversa com alguns trabalhadores que estavam no lugar, os projetos de manutenção ainda não teriam sido aprovados para que fossem iniciados. Veja os detalhes completo:

Estão sendo investidos aproximadamente R$40 milhões por uma verba indenizatória da VALE, por causa da tragédia de Brumadinho, em 2019.

No dia 1 de dezembro de 2023, o Governo de Minas, através da secretaria de infraestrutura e da saúde, realizou uma visita técnica até o local para, até então, anunciar a retomada das obras. Em entrevista ao Jornal Candidés, o secretário de Estado de Infraestrutura, Pedro Bruno Barros, disse que retomaram a fase de projetos e que estaria 37% feita, com prazo de conclusão até março deste ano, a fim de atualizar as normas de engenharia hospitalar e verificar o condicionamento da estrutura. Veja mais detalhes:

Agora, em fevereiro de 2024, um ano da visita de Zema ao Hospital, através das redes sociais a Deputada Lohanna fez uma nova denúncia dizendo que as obras permanecem paradas. Ela afirma que, mais uma vez, irá pedir informações na Comissão de Saúde da Assembleia de Minas e o Ministério Público será acionado. Confira:

mobile