fbpx
Pular para o conteúdo
  • Home
  • Divinópolis
  • Prefeitura emite nota de esclarecimento sobre bebê com furúnculo

Prefeitura emite nota de esclarecimento sobre bebê com furúnculo

Médicos da UPA Divinópolis denunciam salários atrasados

A Prefeitura Municipal de Divinópolis emitiu uma nota de esclarecimento sobre a reportagem veiculada no site Divinews, com respeito a uma bebê de 7 meses atendida na UPA Padre Roberto.

Segundo a nota a criança foi atendida em 20 minutos, desde a triagem, consulta médica e especializada. Conforme já havia antecipado o IBRAPP. A nota continua informando que foram solicitados exames da bebê e foi discutido com cirurgião e infectologista a melhor conduta para o caso, não havendo nenhum incidente registrado com a mãe da bebê pelo corpo clínico. A médica realmente estava no descanso, que é direito garantido por lei, porém quando foi acionada foi atender a criança imediatamente.

A nota da sequência contando que a criança chegou a unidade com um abscesso no pescoço, que, segundo a mãe, já evoluía há três dias. Após a drenagem espontânea do abcesso, a criança segue sob os cuidados da UPA Padre Roberto, em uso de antibióticos, seguindo as orientações do serviço de controle de infecções e aguarda liberação de um leito hospitalar, por parte da Central de Regulação do Governo do Estado de Minas Gerais, para término de tratamento.

A prefeitura ainda aponta que diante dos fatos narrados e da possibilidade de comprovação tudo através dos registros da assistência no sistema de informação, pede cautela sempre que notícias desta natureza sejam divulgadas. Neste momento em que o atendimento pediátrico encontra-se indisponível, até mesmo em estabelecimentos da rede privada, qual o propósito do acionamento midiático para fazer declarações tendenciosas e inverídicas envolvendo uma unidade que possui pediatra em tempo integral e que atendeu uma demanda em 20 minutos? Expedientes como esse, além de ser eticamente reprováveis, ainda atentam contra a conduta dos profissionais médicos da UPA, criando um cenário de desestímulo de permanência dos mesmos na unidade, o que seria muito prejudicial à população”, diz a nota.

Encerra afirmando que a Secretaria Municipal de Saúde está atenta e disposta a fazer intervenções, sempre que identificar irregularidades na assistência prestada na UPA e em qualquer outra unidade sob sua governança. “No entanto, temos o dever de identificar e informar a população acerca de denuncismo infundado”, afirma a nota da prefeitura.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

0
Would love your thoughts, please comment.x