Postos de Saúde de Divinópolis encontram dificuldades em atender a população e UPA segue lotada - Portal MPA

Publicidade

Postos de Saúde de Divinópolis encontram dificuldades em atender a população e UPA segue lotada

Postado em 28/12/2021 13:24

Em um vídeo postado nas redes sociais onde mostra a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Divinópolis completamente lotada, o prefeito de Divinópolis Gleidson Azevedo comentou que cinco postos de saúde estão trabalhando em horário estendido (até as 22 horas) para desafogar a UPA, mas estão vazios. A resposta para tal fato está na resolutividade do serviço.

Para o paciente o importante é conseguir uma consulta médica e tentar resolver de imediato o incômodo, enquanto os postos de saúde que não contam com todos os profissionais de serviço acabam gerando mais pacientes para os médicos da UPA do que de verdade desafogando o sistema. Para efetivamente ter resultados seria necessário ter a medicina preventiva e os atendimentos de rotina realizados.

Uma das ouvintes da Minas FM contou que no dia de ontem (27) ficou lá 9h para ser atendida na UPA Padre Roberto e comentou ser um verdadeiro descaso, porém no posto de saúde do Sagrada Família, ela levou a filha que estava passando mal, não atenderam e mandaram para a UPA. “Não adianta ter atendimento e não ter medicação no local”, contou ela.

Em um rápido levantamento foi possível perceber as dificuldades dos postos de saúde da cidade. No Nossa Senhora das Graças o funcionamento sem três profissionais médicos, no Itaí são dois de licença e no Ipiranga e CSU duas estão de férias. Ainda os potos de Saúde do Quilombo, Bom Pastor e Danilo Passos também tem profissionais médicos de férias. Somente nestas sete unidades de saúde, são 12 médicos a menos no atendimento.

As unidades de saúde do São José, Planalto, Niterói, Afonso Pena informaram que estão com todos os médicos em atendimento. Já as outras unidades nossa reportagem não conseguiu contato.

Pacientes reclamam de UPA lotada e demora no atendimento em Divinópolis; veja vídeo