Casos de doenças sexualmente transmissíveis aumentam em Divinópolis

Postado em 28/02/2019 7:50

Os casos de infecções sexualmente transmissíveis voltaram a subir em Divinópolis. O HIV e a sífilis registraram expressivo aumento na cidade. Hábitos como relações sexuais desprotegidas e a confiança no parceiro estão diretamente atreladas ao fato.

Em tempos onde o acesso a informação vem pra facilitar tudo em nossas vidas, ainda tem quem queira dar um passo atrás. Atualmente, é observado um aumento nas infecções sexualmente transmissíveis. E o motivo é muito claro tem muita gente abrindo mão de usar o preservativo durante as relações sexuais. Algo que deveria ser imediatamente pensado.

As infecções sexualmente transmissíveis ocorrem devido ao contato sem a devida preservação. Hoje fazem parte das IST’S, o HIV, a Sífilis, Hepatites, Gonorreia, HPV, Herpes, entre outras. E para prevenir tem que se cuidar mesmo.

Só aqui no Centro de Testagem e aconselhamento de Divinópolis foram realizados em 2017, 3147 exames para identificar quatro tipos de doenças: HIV, Sífilis e Hepatites B e C. Desses exames, 101 deram positivo para o HIV. Foram 25 mulheres e 76 homens infectados.

Já em relação aos casos de Sífilis, foram 407 registros da doença em 2017. Deste total 136 em mulheres e 271 em homens. Em 2018, o Centro de Testagem e aconselhamento totalizou 329 casos. No montante 118 mulheres e 211 homens.

Um boletim do Ministério da Saúde de 2017 aponta que 73% dos casos de HIV ocorrem no sexo masculino. Um, a cada cinco novos casos estão em homens com idades de 15 a 24 anos. Em Divinópolis, de 2018 até o momento, foram 59 casos contabilizados. Isso reacende mais uma vez o alerta da discussão em torno do assunto.

Caso seja identificada alguma doença, o tratamento é iniciado. A infecção por HIV, em um prazo de até 30 dias é possível administrar coquiteis antirretrovirais para eliminar o vírus, evitando que caminhe para a AIDS, que é a síndrome da imunodeficiência adquirida. Em casos avançados da doença, a pessoa fica fraca, praticamente sem imunidade, predisposta a contrair doenças oportunistas, como pneumonia ou tuberculose.

Em Divinópolis, o Centro de Testagem e Aconselhamento funciona na Policlínica. Os atendimentos são diários. No local a pessoa que deseja fazer o exame passa por uma triagem. Num primeiro momento, uma bate papo com o psicólogo que vai procurar saber um pouco da rotina, as relações que ela teve e se houve algum risco. Na sequência vem o exame. As amostras de sangue são coletadas na hora e em 20 minutos sai o resultado. Por isso a importância de estar com os testes sempre em dia.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Este conteúdo é protegido!