Publicidade

Braço direito de um dos maiores traficantes de Minas Gerais conhecido por Sonny Klay é preso próximo a Divinópolis

Postado em 04/12/2020 12:00

Este slideshow necessita de JavaScript.

Os policiais do Departamento Estadual de Investigação de Crimes contra o Patrimônio (Depatri), prenderam o braço direito, identificado apenas por R., de um dos maiores traficantes de Minas Gerais, conhecido por Sonny Klay. A prisão ocorreu na região de Pará de Minas, onde o integrante do tráfico estava escondido da polícia, já que tinha duas prisões em aberto e era procurado pela justiça.

O alvo principal da investigação era o roubo de gado nas fazendas do Centro-Oeste mineiro o que inclui Divinópolis , que este ano viu amentar este tipo de crime.  

“Há muito que estávamos atrás dele. Esse homem tinha dois mandados de prisão, por dois processos na vara de tóxicos. Ele era responsável pela movimentação financeira da associação criminosa do tráfico, comandada pelo Sonny Klay”, diz o delegado, que conta que ele era o responsável pela lavagem do dinheiro oriundo do tráfico.

A partir dessa primeira informação, os policiais trabalharam primeiro na localização do criminoso, depois fizeram campana, e por fim, a abordagem, segundo conta o delegado Quintão. “Ao ser abordado, negou que seria o procurado e apresentou uma documentação, que ao verificá-la, descobrimos que era falsa. Foi dada a voz de prisão, na última quarta-feira (2/12).”

R. estaria, ainda, ligado a outros crimes, como assaltos a fazendas, não diretamente no roubo de gado, mas ao fornecer armas para o cometimento desses crimes, pois alugava armas a outros criminosos. Existe ainda a participação de crimes de exploração sexual.

A partir da prisão de R., polícia acredita que está perto de prender um dos cabeças do tráfico no estado.

Segundo o delegado José Luiz Quintão, responsável pelo caso, “essa prisão vai repercutir na diminuição tanto de crimes inerentes ao tráfico de drogas quanto em crimes violentos na região”, ressalta. O indivíduo será encaminhado para o sistema prisional, onde ficará a disposição da Justiça.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!