Publicidade

Torre da Catedral Cristo Rei vai alterar rota de voos para o Aeroporto da Pampulha

Postado em 02/07/2019 8:04

Na foto, Dom Walmor, Kalil e Maria Caldas

A Arquidiocese de Belo Horizonte, junto à Prefeitura da capital, deu mais um passo importante para o avanço das obras da Catedral Cristo Rei, no Bairro Juliana, Região Norte de Belo Horizonte. Na manhã desta segunda-feira, foi assinada a Declaração de Interesse Público para construção do templo. O documento era necessário para ser encaminhado à Aeronáutica, já que a torre de 100 metros de altura vai gerar uma alteração do plano de voos do Aeroporto Carlos Drummond de Andrade, na Pampulha. 

“A Catedral Cristo Rei é para BH e para todo o estado de Minas Gerais tudo que o Cristo Redentor significa para o Rio de Janeiro. Como força de internacionalização, de importância e de grande referência. Por isso estamos muito contentes”, disse o líder religioso.

O requerimento assinado pelo prefeito Alexandre Kalil nesta segunda era necessário para que a Força Aérea Brasileira (FAB) autorizasse as obras. Isso porque o projeto de Niemeyer prevê o erguimento de uma torre de 100 metros.

Advertisement

O plano de voo das aeronaves do aeroporto da Pampulha deverá ser alterado por causa da torre de 100 metros de altura que será construída dentro do projeto da Catedral Cristo Rei. O templo está sendo erguido na avenida Cristiano Machado, no bairro Juliana, na região Norte de Belo Horizonte, e está na rota dos aviões. A situação foi esclarecida na manhã desta segunda-feira (1), junto ao anúncio do reconhemento da obra como nteresse público pela prefeitura da capital.

 

 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!