Para Sampaoli, goleiro do Atlético, alem de bom nas mãos, terá que ser também bom nos pés.

Postado em 11/03/2020 10:07

O Atlético se reforçou pela primeira vez, desde 2012, com um goleiro que promete brigar para ser titular ao lado de Victor. Entretanto, Rafael chegará ao Galo para ser avaliado, assim como os demais da posição, pelo novo treinador Jorge Sampaoli. E o argentino confirmou que pretende usar o dono da meta como peça na construção de jogadas. Assim, quem ficar com a titularidade precisará ter desenvoltura com os pés.

“Para nós, é fundamental (que o goleiro jogue com os pés), pois é ele que inicia o jogo. Hoje, o goleiro é um jogador a mais, é fundamental ter um goleiro que saiba jogar, encontre jogadores livres e não tenha receio de fazer jogadas de fundo” – afirmou Sampaoli.

Além de Victor e Rafael, o Atlético ainda tem Michael, que iniciou 2020 como titular. Os três principais jogadores da posição, no elenco profissional, irão passar por uma “triagem” em relação à qualidade com os pés.

“Vamos avaliar os jogadores que estão aqui, os goleiros. Sabemos que essa maneira de jogar não é a que o Atlético está acostumada, agora vamos ver se algum goleiro possa realizar essa tarefa. Isso é fundamental. Há muito bons goleiros aqui, debaixo das traves, vamos ver se algum se encaixe nesse tipo de jogo”.

Vale lembrar que Sampaoli já fez escolhas polêmicas ao decidir por um goleiro titular por conta da qualidade com os pés. Na Copa do Mundo de 2018, comandando a seleção argentina, escalou Willy Caballero na meta nas duas primeiras partidas – Islândia e Croácia. Contra os vices-campeões do mundo, Caballero teve erro crasso ao tentar sair jogando e perdeu a posição.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
error: Este conteúdo é protegido!