Publicidade

Na F1 ele agora é 100.

Postado em 26/09/2021 12:08

A vitória de número 100 de Lewis Hamilton na Fórmula 1 veio com emoção nas voltas finais do GP da Rússia neste domingo, embaralhado pela chuva que chegou de surpresa e se tornou o pesadelo de Lando Norris, pole position e líder de boa parte da disputa: o britânico se recusou a adotar os pneus intermediários e, patinando na pista nos últimos giros, viu o rival da Mercedes tomar a ponta para voltar ao lugar mais alto do pódio, desde o GP da Inglaterra, em julho.

Max Verstappen e Carlos Sainz completam as três primeiras colocações. Além do triunfo, o heptacampeão reassumiu a liderança do campeonato de pilotos, superando o rival da RBR a seis etapas para o fim da temporada.

Advertisement

A chuva foi decisiva para o desfecho da prova que, nas voltas iniciais, concentrou-se entre Norris e Carlos Sainz, que partiu da segunda colocação e chegou a liderar algumas voltas após superar o britânico na largada, sendo superado posteriormente por ele.

Hamilton, largando em quarto, caiu para sétimo no início da corrida mas descontou o prejuízo e, na metade final da disputa, pressionou o compatriota da McLaren até a precipitação. Neste momento, ele abdicou da vice-liderança para trocar os compostos médios pelos pneus intermediários – decisão que se mostrou acertada.

Max Verstappen fez uma prova de recuperação, largando em 20º após trocar a unidade de potência e outros componentes do carro. A segunda colocação na disputa valeu como uma contenção de danos; embora tenha perdido a liderança do Mundial, a diferença para Hamilton é de apenas dois pontos.

Sainz foi superado por Pérez pouco antes da chegada da chuva, mas a ida de parte do grid aos boxes para a troca de pneus de pista molhada bagunçaram a classificação e o espanhol recuperou o posto, faturando o terceiro pódio em 2021.

Norris, que adotou os pneus intermediários no fim da prova, terminou em sétimo lugar. Logo atrás, George Russell, que largou em terceiro, garantiu mais dois pontos para a Williams com a nona colocação; foi sua quarta vez entre os dez primeiros nas últimas cinco etapas.

Com a quinta vitória em 2021, Hamilton recuperou a liderança do campeonato de pilotos com 246.5 pontos, contra 244.5 de Verstappen. Bottas terminou em quinto lugar após largar em 16º, e ampliou sua vantagem na terceira colocação sobre Norris de nove para 12 pontos. No Mundial de Construtores, a Mercedes segue líder com 397.5 pontos, aumentando a diferença para a RBR de 18 para 33 pontos.

Imagem de randomwinner por Pixabay 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade