Jogadores do Atlético pedem Paz para as torcidas no clássico contra o Cruzeiro - Portal MPA

Publicidade

Jogadores do Atlético pedem Paz para as torcidas no clássico contra o Cruzeiro

Postado em 05/03/2022 13:38
Publicidade

Uma triste onda de violência fez com que o noticiário esportivo fugisse às páginas policiais na última semana. Ataque com bomba a ônibus do Bahia, depredação a van que carregava atletas do Náutico, pedradas em veículo do Grêmio antes de clássico no Beira-Rio e invasão e agressão a jogadores do Paraná. Situações que geram preocupações em Minas Gerais, sobretudo às vésperas do clássico mais importante do estado, entre Atlético e Cruzeiro, neste domingo.

Ao longo da semana, o zagueiro Nathan Silva e o atacante Keno foram questionados sobre a situação. E ambos reforçaram um pedido simples, mas importantíssimo em dias como esses: paz.

“Um clássico é um jogo para a galera ir e se divertir, não acontecer o que está acontecendo. Se está indo pro jogo, recebe pedrada. O outro joga bomba. Eles pensam que se fizerem isso vai dar certo? Correndo o risco de tirar a vida de jogador, de trabalhador” – respondeu Keno.

“O torcedor tem que ir para o estádio fazer festa, comemorar, zoar, mas na brincadeira ali mesmo” (Keno).

“Espero que nossa torcida possa comparecer e fazer uma linda festa, que possa nos incentivar, como tem feito. Ela tem sido nosso 12º jogador. Que façam uma linda festa sem violência, respeitando a equipe adversária” – afirmou Nathan Silva.

“Que seja um clássico de paz e de muita luz. E que fique marcado para mim e nosso grupo” (Nathan).

Recentemente, torcedores de Atlético e Cruzeiro se envolveram em um conflito no jogo da Seleção Brasileira contra o Paraguai, pelas Eliminatórias da Copa, no Mineirão. Por conta do episódio e de outras brigas (uma delas com vítima fatal), as organizadas dos dois times estão proibidas de ingressarem aos estádio com utensílios característicos.

A Galoucura, inclusive, teve solicitação do MPMG para não poder comparecer a nenhuma praça esportiva em território nacional por 120 dias. Em Minas Gerais, a pena já foi acatada.

A previsão é de que o Mineirão esteja próximo da lotação máxima no primeiro clássico mineiro com público desde o início da pandemia, em 2020. Até agora, mais de 50 mil ingressos já foram vendidos, sendo a maioria para torcedores do Atlético, que é mandante do jogo e tem direito a mais de 90% da carga disponibilizada.

Galo e Cruzeiro são os donos das duas melhores campanhas do Mineiro até aqui. As duas equipes somam 19 pontos, mas o Atlético leva a melhor no critério do saldo de gols (13, contra 8 do rival).

FUTEBOL MINAS FM

Publicidade