Publicidade

Fala Zezé, hoje é dia do Cruzeiro vencer o CSA. A Minas FM transmite.

Postado em 19/09/2020 12:01

BANNER FUTEBOL AGOSTO 2020

Era noite de quinta-feira, 28 de novembro de 2019. O Cruzeiro fazia seu penúltimo jogo em casa na Série A do Brasileiro e tinha a oportunidade de deixar o Z-4 se vencesse o CSA. Foi derrotado por 1 a 0, no Mineirão, em duelo movimentado dentro e fora de campo, que praticamente selou o rebaixamento celeste. As equipes se reencontram neste sábado, 296 dias depois, pela 10ª rodada da Série B, também em um cenário nada bom na divisão de acesso.

 

O CSA enfrenta uma crise profunda. Quinta à noite, o técnico Argel Fuchs foi demitido apenas 18 dias depois de ser contratado. Pesou a péssima campanha do time na Série B. Com apenas quatro pontos, o Azulão está na lanterna da competição nacional e vai ser comandado neste sábado pelo interino Adriano Rodrigues.

Já o Cruzeiro ganhou um respiro com a chegada de Ney Franco e o triunfo sobre o Vitória, na última semana. O time celeste espera, agora, embalar para se afastar ainda mais da briga contra o rebaixamento e chegar próximo do G-4, seu principal objetivo. A equipe soma oito pontos e está no meio da tabela.

A saída de Argel fez o CSA mudar os planos do futebol. Sem tempo para trabalhar, Adriano deve manter a base que iniciou o jogo de quarta contra o Cuiabá.

Na zaga, a baixa é Luciano Castán, que recebeu o terceiro amarelo na última partida. A tendência é que Alan Costa e Cleberson continuem formando a dupla de defesa. O ataque deve ser montado com Pedro Júnior, Rodrigo Pimpão e Paulo Sérgio. Regularizado na CBF, o centroavante Pedro Lucas (ex-Figueirense) pode também estrear neste sábado.

Provável CSA: Matheus Mendes; Diego Renan, Cleberson, Alan Costa, Rafinha; Márcio Araújo, Yago, Cedric; Rodrigo Pimpão, Pedro Junior, Paulo Sérgio – Técnico: Adriano Rodrigues

Pendurados: Cleberson e Alecsandro

Sem Cáceres, com lesão no joelho direito, e Marcelo Moreno, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o Cruzeiro vai entrar com mudanças em relação ao time que começou diante do Vitória. Mas elas vão além destes desfalques. No ataque, o treinador deve formar um time com mais mobilidade, reposicionando Arthur Caíke mais centralizado e dando chance para Régis tentar retomar a titularidade.

Provável Cruzeiro: Fábio, Rafael Luis, Léo, Cacá, Matheus Pereira, Jean, Jadson, Régis, Maurício, Airton, Arthur Caike – Técnico: Ney Franco

Pendurados:Airton, Ariel Cabral e Cacá

Equipe de Arbittagem: Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ) Árbitro Assistente 1: Andrea Izaura Maffra Marcelino de Sá (RJ) Árbitro Assistente 2: Lilian da Silva Fernandes Bruno (RJ)

A Minas FM 104,1 transmite a partir das 20h00 com a estreia de Victor de Castro, ao lado de Oliveira Lima e Ricardo Lasmar. Acompanhe também pelo www.radiominasfm.com.br facebook.com/minasfmdivinopolis you tube, instagram, twitter, Minas FM, atavés do aplicativo radiosnet, procurando por rádio Minas e participando pelo Fala Torcedor de Minas no whatsaap 37 3222 0001

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!